quarta-feira, 30 de junho de 2010

Bilhete Único valerá por duas horas e meia a partir desta quinta-feira

MAIS TEMPO


Publicada em 30/06/2010 às 17h41m
O Globo - 30/06/2010
  • R1
  • R2
  • R3
  • R4
  • R5
  • MÉDIA: 5,0
RIO - Mais de 1 milhão de moradores de 20 municípios da Região Metropolitana do Rio que utilizam o Bilhete Único poderão usá-lo por mais tempo a partir desta quinta-feira. O intervalo entre o primeiro e o segundo embarque passará de duas horas para duas horas e meia.
De acordo com o secretário estadual de Transportes, Sebastião Rodrigues, o maior intervalo permitirá a ampliação do sistema:
- Com este acréscimo de meia hora no intervalo entre o primeiro e o segundo embarque, esperamos atender até 99% da população que utiliza o transportes público intermunicipal na Região Metropolitana.
Implantado há cinco meses, o Bilhete Único hoje atende a uma média de 209 mil pessoas por dia. O sistema permite que moradores da Região Metropolitana do Rio utilizem até dois meios de transportes, sendo um deles intermunicipal, pagando R$ 4,40.
A adesão pode ser feita através do site www.riobilheteunico.com.br ou nos postos da Central do Brasil e do Terminal João Goulart, em Niterói.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Relógios que pagam passagem devem virar realidade no Rio



28/06/2010 = Transporte Idéia
Os usuários dos transportes públicos do Rio de Janeiro vão contar, a partir do ano que vem, com uma nova tecnlogia para pagar as passagens - o relógio RioCard. O equipamento, que vem com um chip parecido com o dos celulares, vai ser testado nos próximos meses. A informação é do jornal “O Globo”.
O chip poderá ser recarregado nos postos de atendimento da RioCard ou no site. O sistema funcionará no metrô, ônibus, trens, barcas e vans.
A tecnologia foi desenvolvida na Áustria e deve ser difundida nos dois grandes eventos esportivos que vão acontecer no Rio de Janeiro nos próximos anos: a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.
O sistema não é novidade em outros países. No ano passado, ele foi utilizado em Roma, na Itália, como forma de pagamento dos ingressos para a partida final da Liga dos Campeões da Europa. Em Xangai, na China, o chip do relógio já foi implementado nos transportes públicos.
Nos Estados Unidos, o relógio também pode servir como cartão de crédito. Esta funcionalidade também poderá estar disponível no equipamento da RioCard.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Edital de licitação das linhas de ônibus do Rio é lançado



17/06/2010 - Transporte Idéias
Pela primeira vez, a prefeitura do Rio vai licitar as 900 linhas de ônibus da cidade. A concessão será de 20 anos, e contará com trajetos racionalizados e com o bilhete único institucionalizado como tarifa modal, a R$ 2,40. O edital de concorrência, lançado na última terça-feira, prevê que a Secretaria municipal de Transportes (SMTR) formule o plano, que vai resultar na redução da quantidade de ônibus circulando pelas zona sul, norte, além de Barra da Tijuca e Jacarepaguá, assim como o aumento da frota na zona oeste. A partir de 30 de julho as propostas começarão a ser analisadas. As informações são do jornal “O Globo”.
O secretário de Transportes, Alexandre Sansão, espera que os contratos sejam assinados em agosto e os concessionários comecem a operar. O sindicato que representa as empresas de ônibus municipais, o Rio Ônibus, não se manifestou até esta terça-feira.
Em 20 anos de concessão das linhas, as passagens pagas pelos usuários vão somar R$ 15,9 bilhões, de acordo com o edital. Nesse período, os concessionários deverão investir R$ 1,8 bilhão em melhorias no serviço. As exigências englobam a instalação de GPS em todos os veículos em até 24 meses. Os equipamentos deverão estar interligados à Secretaria de Transportes.
Todos os veículos terão que ter, também em até dois anos, no mínimo uma câmera de filmagem. As imagens deverão ser gravadas e armazenadas por 72 horas.
Os vencedores da concorrência vão ter que implementar novos pontos de ônibus e assumir a manutenção dos terminais.
Saiba mais sobre o edital
Nesta última terça-feira, a prefeitura do Rio de Janeiro, através da SMTR, publicou o aviso de edital do novo modelo para a rede de transportes rodoviária municipal e que inclui a implantação do Bilhete Único, no valor de R$ 2,40, além da renovação de toda a frota de ônibus até 2016.
De acordo com o edital, a cidade será dividida em cinco Redes de Transportes Regionais (RTRs), das quais quatro serão Regiões de Exploração a serem licitadas: a Região 2 (zona sul e Grande Tijuca); Região 3 (zona norte); Região 4 (Baixada de Jacarepaguá, Barra da Tijuca e Recreio); e a Região 5 (zona oeste). A Região 1 (Centro) não será licitada pois, no novo Modelo, é considerada área neutra e de uso comum, como ponto de destino, para todas as demais regiões.
Cada região será licitada no modelo de concessão, com exigências específicas dentro das suas necessidades - como o aumento do número de veículos e da quantidade de linhas, no caso da zona oeste, ou a redução, no caso das zonas sul e norte.
O edital, disponível no site http://www.rio.rj.gov.br/smtr, traz os cronogramas para todas as mudanças, inclusive estabelecendo metas anuais de renovação da frota, com a obrigação de chegar a 2016 com 100% dos veículos dentro do novo padrão, que inclui direção hidráulica, suspensão a ar, escadas de acesso rebaixadas e elevador para pessoas com deficiência, motor traseiro (para reduzir a poluição sonora dentro dos coletivos) e carroceria dupla articulada, entre outras melhorias. As informações são da SMTR.

Secretário de Transportes do Rio, sobre edital: ‘A lei manda que se faça licitação’



17/06/2010 - Transporte Idéias
O secretário de Transportes do Rio de Janeiro, Alexandre Sansão, falou sobre a redistribuição das linhas de ônibus que circulam pela cidade no programa “Bom Dia Rio”, da Rede Globo, nesta quinta-feira. O edital de licitação foi lançado no início desta semana.
“A lei manda que se faça licitação, então o município do Rio de Janeiro está cumprindo a lei. A cidade precisa que haja uma nova relação entre poder público e os operadores do sistema de Transportes”, disse Sansão quando foi perguntado se há risco de a licitação não acontecer.

Tempo de integração do Bilhete Único é ampliado no Rio



22/06/2010 - Transporte Idéias
O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, decidiu ampliar em 30 minutos o intervalo para o usuário pegar a segunda condução pelo Bilhete Único. Agora, o tempo máximo de integração entre a primeira e a segunda viagem fica em duas horas e meia. As informações são do jornal “O Globo”.
A decisão começa a vigorar no dia 1º de julho - data em que o Bilhete Único completa cinco meses. A medida vai beneficiar principalmente quem mora na Região Metropolitana. Segundo Cabral, mais de 1 milhão de pessoas já usaram o Bilhete Único, uma média de 209 mil por dia.
O governador disse que a mudança foi estimulada após ouvir o depoimento de uma senhora de quase 60 anos que mora em São Gonçalo. Ela explicou a apreensão que passava todos os dias quando o trânsito estava ruim.

sábado, 12 de junho de 2010

Edital de licitação das linhas de ônibus será publicado na terça-feira

TRANSPORTES


Publicada em 11/06/2010 às 21h59m
Luiz Gustavo Schmitt - O Globo - 11/06/2010
    Nós e você. Já são dois gritando. Clique e participe
    Avenida Nossa Senhora de Copacabana lotada de ônibus na hora do rush. 29/04/2010 Foto: Marco Antônio Cavalcanti
    RIO - O edital de licitação das linhas de ônibus, que inclui a implantação do bilhete único, será publicado na próxima terça-feira no Diário Oficial do Município. A informação é do prefeito Eduardo Paes, que disse nesta sexta acreditar na conclusão do processo até o mês de agosto, quando o novo sistema de cobrança já deve entrar em funcionamento. A proposta da prefeitura é transformar o ônibus no meio de transporte mais barato da cidade: mesmo que embarque em dois coletivos, o passageiro pagará R$ 2,40, em vez dos R$ 4,70 desembolsados hoje.
    O metrô, sem integração, custa R$ 2,80 aos usuários, os trens têm como tarifa básica R$ 2,50, enquanto as vans costumam cobrar até R$ 7 por trajeto.
    - Com a publicação da licitação na semana que vem, acredito que o bilhete único já esteja disponível à população em agosto - disse o prefeito, que já chegou a afirmar que "não há bilhete único tão barato e econômico como o do Rio" .
    Esta é a terceira vez que o prefeito muda a data da publicação do edital: inicialmente, estava marcada para 24 de maio; depois, foi adiada para 7 de junho.
    Prefeitura: número de usuários deve crescer até 35%
    A Secretaria municipal de Transportes já havia estimado um aumento, a partir do funcionamento do sistema, de 20% a 35% na quantidade de passageiros que fazem baldeações. Para a secretaria, parte desses novos usuários é gente que hoje precisa caminhar até quilômetros para economizar com passagem.
    O órgão sustenta que o bilhete representará um aumento de receita para as empresas de ônibus, já que os usuários que pegam apenas um coletivo passarão a pagar mais R$ 0,05 por passagem. O cálculo é de que 52 milhões dos 65 milhões de passageiros que utilizam um único ônibus por mês - ou 80% dos usuários - acabem desembolsando um total de R$ 31,2 milhões a mais por ano.
    A licitação dos trajetos e da implantação do bilhete único, no entanto, encontra resistência nas empresas de transporte. O Rio Ônibus, sindicato que representa a categoria, divulgou no início de maio que vai brigar pelos seus direitos, principalmente o de "indenização dos investimentos realizados que permanecem não amortizados ou depreciados". Após a confirmação da licitação pelo prefeito ontem, o sindicato informou apenas que aguardará a publicação do edital para se pronunciar sobre o assunto.
    Superlotação é uma das principais queixas
    Também nesta sexta-feira, a Secretaria municipal de Transportes divulgou um levantamento mostrando que as principais queixas de passageiros de ônibus se referem a não atendimento do sinal de parada para embarque e desembarque, atitudes inconvenientes dos motoristas e superlotação dos veículos. No ranking, que é mensal, aparecem como as piores empresas, na opinião dos usuários, a Zona Oeste (56,05 pontos), a Auto Diesel (26,71), a Madureira Candelária (26,44), a Rubanil (26,32) e a Transurb (25,75).
    Os passageiros podem fazer reclamações à ouvidoria da Secretaria de Transportes, pelo telefone 2286-8010 (de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h), ou pela internet, em www.rio.rj.gov.br/siso/internet/frmcadastro.cfm .

    segunda-feira, 7 de junho de 2010

    Linha de ônibus poderá facilitar visitação ao Cristo

    AINDA EM OBRA


    Publicada em 06/06/2010 às 23h48m
    O Globo - 06/06/2010
      Andaimes já começaram a ser retirados e já é possível ver a cabeça e os braços da estátua do Cristo Redentor, que está sendo restaurado/Foto:Custódio Coimbra - O Globo
      RIO - A visitação à estátua do Cristo Redentor poderá ficar mais fácil após a reinauguração do monumento, que ainda não tem data para acontecer, revela reportagem de Anna Luiza Santiago e Rafael Marques, publicada na edição do Globo desta segunda-feira. Segundo Bernardo Issa, chefe do Parque Nacional da Tijuca, a prefeitura estuda a criação de uma linha de ônibus que ligará o Largo do Machado às Paineiras.
      A obra de recuperação da estátua do Cristo Redentor se aproxima do final. No sábado, o reitor do santuário, padre Omar Raposo, anunciou o fim dos trabalhos para o próximo dia 29, depois de quatro meses. Os andaimes já começaram a ser retirados.
      Na quinta-feira passada, durante as comemorações de Corpus Christi, o arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, avisou que a reabertura acontecerá "em breve". O acesso de carros particulares, porém, estará proibido até o mês que vem, pelo menos. Apenas táxis e veículos de turismo estão autorizados a transportar pessoas interessadas na visitação.
      Por conta dos 283 pontos de desabamento nas vias de circulação interna do parque, a Geo-Rio permanece em alerta e considera arriscado liberar o tráfego. Quem costuma usar o trem do Corcovado para chegar ao Cristo também precisará esperar até, no mínimo, meados de julho, informa Issa:
      As obras mais críticas do parque devem avançar em julho, mas, até agosto, haverá intervenções da Geo-Rio no local. Guardas municipais estão orientando o trânsito no parque, e os acessos continuam a ser fechados em dias de chuva, para evitar acidentes.
      Desde a última semana, a cabeça e os braços do monumento mais famoso do país voltaram a aparecer.

      quinta-feira, 3 de junho de 2010

      Governo do RJ entrega ônibus a municípios



      Baixada Fluminense recebeu doze unidades
      Mesquita, Nova Iguaçu, Nilópolis e Belford Roxo foram beneficiados
      A frota de ônibus escolares dos municípios de Mesquita, Nova Iguaçu, Nilópolis e Belford Roxo, localizados na Baixada Fluminense, foi incrementada com 12 novos modelos, entregues nesta terça-feira, 1º de junho, pelo governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral.
      Na divisão de unidades de transporte de alunos, a cidade Mesquita recebeu três ônibus, Nova Iguaçu dois, Nilópolis dois e Belford Roxo cinco.
      O evento também serviu para anunciar obras como a drenagem da Avenida Celso Peçanha, no bairro Banco de Areia, instalação de um posto do Detran com os serviços de Identificação Civil e Habilitação (a vistoria de veículos já era feita anteriormente), e a construção do novo prédio da Câmara Municipal e de uma biblioteca pública.
      Presente ao evento, o vice-governador Luiz Fernando Pezão falou sobre os investimentos que estão sendo realizados na Baixada e as ações que já estão com as obras encaminhadas.
      “Por meio do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) estamos fazendo 28 quilômetros e 565 metros de pavimentação em um conjunto de bairros como Chatuba, Jacutinga, entre muitos outros locais. Temos ainda o programa Somando Forças, através do qual repassamos R$ 1,9 milhão para drenagem e pavimentação de bairros”, salientou Luiz Fernando Pezão, vice-governador.