terça-feira, 10 de setembro de 2019

Linhas de Ônibus Urbanas em 1935












segunda-feira, 1 de abril de 2019

Jacaré

1952 - 1965

Empresa Auto Lotação Jacaré Ltda.
Auto Viação Jacaré Ltda.

Informações Sumárias

Empresa de transporte coletivo municipal fundada em agosto de 1952.  Em junho de 1955, com frota de 11 carros, explorava a linha de lotação  Praça Mauá - José Bonifácio, no bairro de Todos os Santos.


Gazeta de Notícias, 29/06/1955


No dia 2 de junho de 1955, obtém permissão para acrescentar mais 10 lotações na linha Mauá - José Bonifácio, concorrendo com as empresas de ônibus São Jorge e São Paulo, ambas com frota em péssimas condições.

Em 1955, a linha de lotação Mauá - José Bonifácio é transformada em linha de ônibus com a vista 236 (Mauá - José Bonifácio) logo prolongada até Vicente de Carvalho e depois até Coelho Neto.

Em maio de 1959, explorava a linha de ônibus 236 (Castelo - Coelho Neto), via Tomás Coelho.



Carroceria Bons Amigos


Em 1962, no dia 6 de julho, são admitidos mais 21 sócios, aumentando o capital da Empresa para Cr$ 6.600.000,00.

Em 1964, seguindo novo Plano de Transportes, a Linha 236 (Castelo - Coelho Neto) é renumerada ganhando a vista 309 (Castelo - Coelho Neto).

No dia 17 de dezembro de 1965, o Secretário de Serviços Públicos cancela as linhas de ônibus das empresas Auto Viação Jacaré Ltda. e Copacabana Lotações S.A, por motivo de transgressões  dos dispositivos legais. 

A Viação Jacaré é extinta, quando explorava sua única linha de ônibus, a 309 (Castelo - Coelho Neto), logo assumida pela Viação Estrela do Oriente.


Prefixo da Frota: 21 000


REFERÊNCIAS:

"Emprêsa de Auto-Lotações Jacaré Ltda". 1955, junho, 29. Página 8.

“Apreenderam por engano os coletivos”. Luta Democrática. 1962, março, 8. Página 2.

"Ministério da Indústria e Comércio. Divisão de Registro e Cadastro. Expediente do Diretor. Documentos Deferidos. Anotações". Diário Oficial do Estado da Guanabara. 1963, fevereiro, 13. Parte 1, página 3079.


Marcelo Almirante
Página lançada em primeiro de abril de 2019










sábado, 30 de março de 2019

Cisiotar

Viação Cisiotar Ltda.
1957 – 1966

Informações Sumárias

Empresa de transporte coletivo rodoviário municipal fundada em setembro de 1957 pelos sócios Tarcísio de Oliveira, Renato da Silva e José Nunes de Oliveira. Inicia suas operações em 1958.

Em setembro de 1960, explorava a Linha S-36 (Cascadura - Gardênia Azul).

Em janeiro de 1962, junto com a Madureira Auto Ônibus, recebe autorização da Comissão de Transportes Coletivos para explorar o serviço especial entre Cascadura e a Barra da Tijuca, durante os finais de semana, nos dias de praia.

Em 1964, seguindo novo Plano de Transportes, as linhas S-33 (Cascadura - Barra da Tijuca) e S-36 (Cascadura - Gardênia Azul) são renumeradas, ganhando respectivamente as vistas 748 (Cascadura - Barra da Tijuca) e 734 (Cascadura - Gardênia Azul). 



Coleção Cia Ônibus


Em março de 1966, assume a Linha 636 (Sáenz Peña - Gardênia Azul), até então explorada pela CTC. No mesmo ano é extinta a Linha 734 (Cascadura - Gardênia Azul). 

A Empresa é extinta em 1968, quando explorava as linhas 636 (Sáenz Peña - Gardênia Azul) e 748 (Cascadura - Barra da Tijuca), logo assumidas pela Viação Redentor, com suas respectivas frotas.





Prefixo da Frota: 20 000

Sedes: 

Avenida João Ribeiro, 321, Pilares
Rua Garcia Pires 4, Quintino
Rua Nerval de Gouveia, 189, Cascadura


REFERÊNCIAS:

"Registro do Comércio, Contratos". Jornal do Brasil. 1957, setembro, 29. Segundo caderno, página 3.

"Lanterneiro". Jornal do Brasil. 1959, setembro, 16. Segundo caderno, página 7. 

"36 feridos na colisão". Luta Democrática. 1960, setembro, 13. Página 12.

"Lanterneiro". Jornal do Brasil. 1961, fevereiro, 18. Terceiro caderno, página 8. 

“Personalidade da semana”. O Globo. 1968, maio, 20. Página 9.


Marcelo Almirante
Página lançada em 30 de março de 2019



















quarta-feira, 27 de março de 2019

Chave de Ouro

Viação Chave de Ouro Ltda.
1955 c. - 1968

Informações Sumárias

Empresa de transporte coletivo municipal fundada em meados da década de 1950. Em junho de 1955, explorava a linha de lotação Praça Mauá – Adolfo Bergamini, no Engenho de Dentro.

Em 1964, a linha de lotação Candelária – A.Bergamini, é transformada em linha de ônibus, ganhando a vista 249 (Tiradentes – Água Santa).



Linha 249 (Tiradentes - Água Santa)


A Empresa é extinta em 1968, quando explorava sua única linha de ônibus, a 249 (Tiradentes – Água Santa), logo assumida pela Viação Santa Maria.


Prefixo da Frota: 78 000


REFERÊNCIAS:

"Uma organização que honra o subúrbio de Piedade". Gazeta de Notícias. 1955, junho, 8. Página 8

"Emprêsas envolvidas na Operação Zona Norte". Última Hora, 1964, agosto, 28. Página 6.


Marcelo Almirante
Página lançada em 27 de março de 2019










Santa Sofia

Viação Santa Sofia Ltda.
1962 - 2010

Informações Sumárias

Empresa de transporte coletivo municipal fundada em 1962, atendendo às determinações do Governo do Estado da Guanabara, que obrigava os proprietários de lotações individuais a se organizarem em empresas.






Linha 858 (Campo Grande - Santa Cruz), por volta de 1967


Linhas da Empresa e frota determinada em 1973:

821 - Campo Grande - Vila Nova, 5 carros
822 - Campo Grande - Vila Nova, 5 carros
828 - A.Vasconcelos - Santo Antônio, via Campo Grande circular, 7 carros
830 - Campo Grande - Escola Amazonas, 5 carros
839 - Campo Grande - Santa Cruz, via IPEG, 8 carros
841 - Campo Grande - Cosmos, via Inhoaíba, 7 carros
858 - Campo Grande - Cosigua, 12 carros
859 - Campo Grande - Base Aérea de Santa Cruz, 11 carros
882 - Jesuíta - Pedra, 5 carros


Década de 1970


Linhas da Empresa em novembro de 1978:

821 - Campo Grande - Corcundinha, via Capoeiras
822 - Campo Grande - Corcundinha, via Nova
828 - A.Vasconcelos - Santo Antônio, via Campo Grande 
831 - Campo Grande - São Basílio
839 - Campo Grande - Santa Cruz, via Palmares/Paciência
840 - Campo Grande - Santa Cruz, via Urucária
841 - Campo Grande - Cosmos, via Inhoaíba
842 - Campo Grande - Cosmos, via Encanamento
845 - Campo Grande - Jardim Palmares
858 - Campo Grande - Santa Cruz, via Paciência
859 - Campo Grande - Base Aérea de Santa Cruz
860 - Santa Cruz - Pedra de Guaratiba
865 - Santa Cruz - Cosígua
880 - Paciência - Jardim 7 de Abril
882 - Santa Cruz - Barra da Tijuca
836 - Jesuítas - João XXIII
830 - Campo Grande - Pedregoso



Linha 840 (Campo Grande - São Fernando) em Campo Grande, em 1998




A Empresa é extinta em  2010, ao se fundir com a Viação Ocidental, formando a Rio Rotas,  para participar da Licitação do novo sistema de ônibus municipal.


Prefixo da Frota: 53 000

Sede: rua Teixeira de Aragão, 198, Campo Grande


REFERÊNCIAS:

"Viação Santa Sofia Ltda". Diário de Notícias. 1966, dezembro, 24. 


Marcelo Almirante
Página lançada em 27 de março de 2019










sexta-feira, 8 de março de 2019

Guanabarina

Empresa de Transportes Guanabarina Ltda.
1965 - 1973

Informações Sumárias

Empresa de transporte coletivo municipal fundada em meados da década de 1960.




Em 1965, substituindo Viação Santa Eulália, assume a Linha 310 (Praça XV - Vieira Fazenda), com o seguinte itinerário:  Praça XV, 7 de Setembro, Rio Branco, Presidente Vargas, Francisco Bicalho, Francisco Eugênio, Figueira de Melo, Campo de São Cristóvão, São Luiz Gonzaga, Largo de Benfica, Suburbana, Praça Doutor Carvalho Brito, Leopoldo Bulhões, Uranos, Capitão Bragança, e Democráticos.


Ponto final da Linha 310 na Praça XV em julho de 1966
Foto de Augusto Antonio dos Santos

Em agosto de 1966, a linha 310 (Praça XV - Vieira Fazenda) é desativada temporariamente, gerando inúmeras reclamações, principalmente dos moradores do bairro de Higienópolis.




Em 1968, assume as linhas 178 (Harmonia - Gávea) e 901 (Bonsucesso - Ribeira), até então exploradas, respectivamente, pelas empresas Transmontana e Auto Viação Ilha.


Linha 178 (Harmonia - Gávea) na rua Senador Vergueiro, por volta de 1970. 
Foto de Jayme Pericás

Em 1973, cede as linhas 178 (Gávea-Harmonia) à Rodoviária A.Matias, e  901 (Bonsucesso-Bananal) à Transportes Paranapuan. 

Logo após a Empresa ser extinta em 1973, seus sócios adquirem o controle acionário da Viação Forte.

A Linha 310 (Praça XV - Del Castilho) é assumida pela Viação Forte.


Prefixo da Frota: 85 500


REFERÊNCIAS:

"Ônibus e Lotações". Guia Rex Indicador Geral da Guanabara,  Página 10.

“Higienópolis tem problemas”. Correio da Manhã. 1966, setembro, 17. Segundo Caderno, página 4.

“Esclarecimento”. Luta Democrática. 1973, junho, 6. Página 7.


Marcelo Almirante
Página lançada em 8 de março de 2019










domingo, 3 de março de 2019

Orey

Orey Auto Ônibus Ltda.
1955 c. - 1957 c.

Informações Sumárias

Empresa de ônibus municipal fundada e extinta em meados da década de 1950. Em outubro de 1956, explorava as linhas de ônibus 120 (Tiradentes - Pavuna) e 122 (Tiradentes – Pavuna).


REFERÊNCIAS:

"4ª feira a extinção das linhas duplas dos ônibus". Tribuna da Imprensa. 1955, abril, 4. Página 2.

"Abuso dos ônibus 120 e 122". Correio da Manhã. 1956, setembro, 1. Primeiro caderno, página 3.

“Greve Geral de 500 ônibus com 900 mil cariocas sem transportes”. Tribuna da Imprensa. 1956, outubro, 15. Página 2.


Marcelo Almirante
Página lançada em 3 de março de 2019










terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Riópolis

Transporte Riópolis Ltda.
1951 c. - 1959 c.

Informações Sumárias

Empresa de transporte coletivo fundada no início da década de 1950. Em novembro de 1952, explorava a linha de lotação Candelária – Vaz Lobo, com 19 carros de 20 passageiros.

Em março de 1956, explorava a linha de lotação Candelária – Vaz Lôbo.

Em junho de 1958 contava com frota de 20 carros.


Sede: rua Ibatã, 41, Vaz Lobo, Rio de Janeiro – RJ.


REFERÊNCIAS:

“Mais de 2.200 camionetas aumentam ...”. A Manhã. 1952, novembro, 25. Página 8.

“Transporte Riópolis Ltda.” Jornal dos Sports. 1956, março, 7. Página 4.

“Solução hoje para a greve dos motoristas”. O Jornal. 1958, junho, 4. Página 12.


Marcelo Almirante
Página lançada em 26 de fevereiro










Pólo Norte

Viação Pólo Norte Ltda.
1951 c. - 1952 c.

Informações Sumárias

Empresa de transporte coletivo municipal fundada no início da década de 1950. Em dezembro de 1951, explorava a linha de lotação Cascadura – Bonsucesso, via Estrada Vicente de Carvalho.

A empresa, provavelmente foi extinta, em função da concorrência dos ônibus, após o fim da seção tarifária da linha de lotação Cascadura – Bonsucesso na Penha.


REFERÊNCIAS:

“O Micro-Ônibus ao cortar a frente de outro veículo com qual apostava corrida, colidiu com o elétrico”. Diário da Noite. 1951, dezembro, 6. Página 4.


Marcelo Almirante
Página lançada em 26 de fevereiro de 2019










Bonsucesso

Viação Bonsucesso Ltda.
1955 - 1962 c.

Informações Sumárias

Empresa de transporte coletivo municipal fundada em meados da década de 1950. Em janeiro de 1956, explorava a linha de lotação Praça da Bandeira - Bonsucesso, 

A linha de lotação Praça da Bandeira - Bonsucesso foi explorada pela Emprêsa de Transportes Bons Amigos Ltda, também com lotações, até 1955.


REFERÊNCIAS:

"Desorganizada a Emprêsa de Lotação que explora a linha Bonsucesso - Praça da Bandeira". Luta Democrática. 1956, janeiro, 11. Página 5.

"Notas forenses". Jornal do Commercio. 1960, agosto, 17. Segundo caderno, página 2.


Marcelo Almirante
Página lançada em 26 de fevereiro de 2019










segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Tupã

Transporte Tupã Ltda.
1951 c. - 1953 c.

Informações Sumárias

Empresa de transporte coletivo municipal, fundada no início da década de 1950. Em novembro de 1952, explorava a linha de lotação Penha – Pavuna, com 8 carros de 20 passageiros. 


REFERÊNCIAS

“Mais de 2.200 camionetas aumentam ...”. A Manhã. 1952, novembro, 25. Página 8


Marcelo Almirante
Página lançada em 25 de fevereiro de 2019










Nascimento Fernandes

Nascimento Fernandes Auto Lotações Ltda.
1953 c. - 1958 c.

Informações Sumárias

Empresa de transporte coletivo municipal fundada em meados da década de 1950. Em 1954 explorava a linha de lotação Marechal Hermes – Bonsucesso, via Madureira.


Nota: Em novembro de 1952, a linha Marechal Hermes – Bonsucesso era explorada pela empresa M.Rosa e Fernandes Ltda, com 14 carros de 20 passageiros.


REFERÊNCIAS:

“Desastre de lotação em Bonsucesso”. Imprensa Popular. 1954, junho, 11. 

“Tribunal de Justiça”. Jornal do Commercio. 1957, novembro, 15. Primeiro caderno, página 7.


Marcelo Almirante
Página lançada em 25 de fevereiro de 2019










domingo, 24 de fevereiro de 2019

Ponte Coberta

Emprêsa de Viação Ponte Coberta Ltda.
Desde a década de 1950


Informações Sumárias

Empresa de ônibus intermunicipal fundada em meados da década de 1950. Em 1954, explorava a linha de ônibus interestadual Campo Grande – Ponte Coberta, localizada na raiz da Serra das Araras, às margens da Via Dutra, no atual município de Paracambi.

Em abril de 1956, com frota de 12 carros, explorava também duas linhas de ônibus municipais: Santa Cruz – Sepetiba e Santa Cruz – Campo Grande.


Linhas da Empresa em junho de 1972

Campo Grande – Belvedere (Viúva Graça, Posto Itaipava)
Campo Grande – Ponte Coberta
Campo Grande – Praça Castilho
Campo Grande – Paraíso (Nova Iguaçu)


Em setembro de 1978, explorava 5 linhas de ônibus, municipais e intermunicipais, entre elas a Campo Grande – Paraíso (Nova Iguaçu), Campo Grande – Universidade Rural e Campo Grande – Itaguaí.

Na década de 1980, explorava linhas municipais em Itaguaí.

Em dezembro de 1985, junto com mais 15 empresas de ônibus, é encampada pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro.


Linhas da Empresa em 1994

Campo Grande – Belvedere
Campo Grande – Ponte Coberta
Campo Grande – Paracambi
Campo Grande - Japeri


Em 1997, explorava também a linha intermunicipal 742 (Édson Passos – Bangu), via Campo Grande.


Sedes: 

Estrada da Caroba, 1055, Campo Grande, Rio de Janeiro – RJ.
Antiga Estrada Rio – São Paulo, Km 29,  a partir de 1972


REFERÊNCIAS:

“Aumentam as passagens e diminuem os ônibus”. Última Hora. 1954, junho, 15. Página 6.

“Emprêsa Viação Ponte Coberta”. Gazeta de Notícias. 1955, maio, 27. Página 4.

“Exigimos medida  do DTC”. Imprensa Popular. 1956, março 11. Página 8.

“Perdeu o emprego e desistiu da vida”. O Jornal. 1956, abril, 4. Página 9.

“Viação Ponte Coberta”. Luta Democrática. 1972, junho, 26. Página 4.

“Pessoal de ônibus reclama a falta de cabines nos terminais”. O Fluminense. 1978, setembro, 1. Edição Zona Oeste, página 3

“Rio volta hoje a ter seus ônibus em circulação normal”. Jornal do Brasil. 1979, janeiro, 18. Primeiro caderno, página 21.

“Brizola encampa 16 empresas de ônibus”. Jornal do Commercio. 1985, dezembro, 11. Primeira página.


Marcelo Almirante
Página lançada em 24 de fevereiro de 2019










quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

L.Vieira

Representações e Transporte  L.Vieira Ltda.
1951 c. - 1959 c.

Informações Sumárias

Empresa de lotação fundada no início da década de 1950. Em novembro de 1952, explorava a linha de lotação Tiradentes – Vila da Penha, com 14 carros de 16 e 20 passageiros.

A Empresa, em dificuldades financeiras, é extinta entre 1959 e 1960.


REFERÊNCIAS:

“Mais de 2.200 camionetas aumentam ...”. A Manhã. 1952, novembro, 25. Página 8

“Despachos em concordata”. Diário de Notícias. 1956, novembro, 20. Primeira seção, página 8.


Marcelo Almirante
Página lançada em 14 de fevereiro de 2019