sexta-feira, 30 de maio de 2014

Primeiro trecho do BRT transcarioca é inaugurado domingo

29/05/2014 - Jornal do Brasil

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, informou hoje (29) que o corredor expresso do BRT (Bus Rapid Transit) Transcarioca será aberto gradativamente, porém, sem prazo para ser completamente liberado. O primeiro trecho, ligando o bairro do Tanque, em Jacarepaguá, ao Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, será inaugurado no domingo (1º) pela presidenta Dilma Rousseff. Quando estiver liberado, o corredor expresso ligará a Barra da Tijuca, na zona oeste, ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro Antonio Carlos Jobim/Galeão, na zona norte. O anúncio ocorreu durante a apresentação do plano de implementação do BRT, na sede da prefeitura, na Cidade Nova, no centro.

"[Com a inauguração] saem 500 ônibus da rua. Você tira metade dos ônibus que circulavam nessa região, o que é fantástico, mas são mudanças culturais que não se fazem uma atrás da outra. Tem que ter o trabalho de comunicação. Eu acho que não se pode tirar uma linha de ônibus sem ter uma panfletagem nessa mesma linha durante 15 dias. Eu não quero dar prazo final. Acho que é uma questão de meses", informou.

Segundo o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, na próxima segunda-feira (2) será implantado o primeiro trajeto do BRT Transcarioca, que fará a linha paradora (em que há paradas em todos os pontos da via) Tanque–Alvorada. São previstas paradas em 19 estações, com funcionamento das 10h às 15h. Na quarta-feira (4), começará a operar o serviço Galeão – Alvorada, que fará parada em quatro estações e funcionará entre as 5h e as 23h. Os demais trechos da Transcarioca serão liberados em etapas.

"Para a Copa do Mundo é a primeira etapa. Na primeira etapa são duas linhas. Uma linha do Galeão atenderá especificamente ao público da Copa, passando por Vicente de Carvalho e chegando até o terminal Alvorada. Passando por Vicente de Carvalho, repito, para fazer a integração com o metrô que leva até o Maracanã e até a zona sul da cidade. Talvez, também, a linha expressa Tanque – Alvorada. Mas essa vai depender do andamento da implantação", explicou.

A Transcarioca será o segundo corredor exclusivo de ônibus do Rio (o primeiro foi o Transoeste) e vai transportar cerca de 320 mil passageiros por dia. A previsão é que o tempo  gasto durante a viagem diminua 60%, em média. O corredor expresso de ônibus custou R$ 1,9 bilhão e será o primeiro de alta capacidade no sentido transversal da cidade.

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Policiais militares à paisana vão atuar no

29/05/2014 - O Globo

Diferentemente do informado pelo presidente da Rio Ônibus, Lelis Marcos Teixeira, durante o anuncio do esquema de funcionamento do BRT Transcarioca, nesta quinta-feira, policiais militares não irão trabalhar à paisana, a bordo dos ônibus que vão trafegar no corredor. A informaçõe foi corrigida nesta noite pela assessoria de imprensa do Rio Ônibus, que esclareceu: "a segurança no corredor Transoeste e, futuramente, no Transcarioca, será realizada de acordo com um convênio firmado com a Polícia Militar, através do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), que prevê o apoio de policiais armados e fardados. Funcionários do Rio Ônibus que trabalham nos dois corredores são orientados a alertar qualquer anormalidade no sistema, tanto nos ônibus como nas estações, para os policiais fardados".

Pela manhã, Lelis havia informado que os PMs trabalhariam desarmados. O objetivo seria dar mais segurança aos usuários, até mesmo porque muitos devem desembarcar com bagagem no aeroporto. Os coletivos que atenderão ao Tom Jobim serão equipados com bagageiros. Todos os veículos também são equipados com câmeras de vídeo, monitorados pelo Centro de Controle Operacional, no Terminal Alvorada.

Nós já temos PMs atuando nas estações e nos ônibus do Transoeste. As ocorrências policiais no BRT, por ser um sistema fechado, são - em número - menor do que no restante do sistema. No caso do Transcarioca, daremos uma atenção especial ao Aeroporto Tom Jobim disse Lelis.

O prefeito Eduardo Paes informou que todas as 47 estações e os cinco terminais deverão entrar em operação em cerca de três meses. Mas este prazo dependerá da aceitação dos usuários dos sistema. A previsão é que cerca de 500 ônibus sejam retirados das ruas com a eliminação ou redução de trajetos de linhas convencionais, que passarão a funcionar como alimentadoras. O BRT passará por 27 bairros, e a previsão é transportar, inicialmente, 320 mil passageiros por dia.

Paes alertou a população que o corredor de BRT passará por bairros muito populosos e, por isso, a sinalização deve ser obedecida para evitar acidentes. O entorno das estações foi cercado, faixas de advertência, instaladas, e até carros de som estão circulando alertando a população. A invasão das faixas exclusivas e o avanço de sinais vão ser monitorados por pardais instalados a cada quilômetro. Nas vias expressas, como na Avenida Ayrton Senna, os ônibus circularão a 70 Km/h. Nos centros de bairros, por precaução, a velocidade será reduzida. Em trechos como Taquara, Praça Seca e Penha, por exemplo, os BRTs passarão a 40 Km/h.

As regras de trânsito têm que ser respeitas. A sinalização foi implantada. Tomamos precauções, mas procuramos um equilíbrio entre segurança e estética, de forma a não segregar os bairros com a instalação de grandes divisórias nas pistas disse o prefeito.

Inicialmente, serão abertos dois serviços. Na segunda-feira, dia 2 de junho, a de serviço parador: Alvorada-Tanque, com 19 estações, das 10h às 15h; e na quarta-feira, a linha semi-direta Alvorada-Vicente de Carvalho-Galeão 1 e 2, das 5h às 23h. O tempo de viagem previsto entre a Barra e o Galeão é de uma hora e 10 minutos. Hoje, para fazer o mesmo percurso com as linhas de ônibus existentes na cidade, o usuário perderia três horas, fazendo várias baldeações. A viagem inaugural do BRT será no próximo domingo, com participação da presidente Dilma Rousseff.

Ao todo, o projeto prevê a implantação de mais sete serviços em datas a serem divulgadas pela Secretaria municipal de Transportes. São eles: Tanque-Alvorada (expresso), Madureira-Alvorada (expresso), Madureira-Alvorada (parador), Madureira - Santa-Efigência (expresso), Penha -Madureira (parador), Fundão-Alvorada (expresso), Galeão-Penha (parador). Quando os serviços que atendem a Madureira forem implantados,serão extintos os serviços Tanque-Alvorada (expresso-Alvorada).

Lelis não descartou a possibilidade de outros serviços serem implantados ao longo da operação do BRT, caso haja demanda. Todos os ônibus estão equipados com Tags programados para dar a prioridade da passagem aos BRTs nos cruzamentos. A operação do sistema exigiu a modernização de 120 blocos de sinais de trânsito da Zona Norte que estão sendo interligados esta semana ao Centro de Operações Rio (COR).

Para a implantação do BRT foram empregados mais de 21 mil toneladas de aço, que equivalem ao peso de 18 estátuas do Cristo Redentor. Os 270 mil metros cúbicos de aço empregados seriam suficientes para construir três estádios do tamanho do Maracanã.



Enviado por Samsung Mobile

terça-feira, 27 de maio de 2014

O BRT do Centro

25/05/2014 - O Dia

Transbrasil não passará pelas Avenida Rio Branco e Rua Primeiro de Março

FERNANDO MOLICA

Rio - A Avenida Rio Branco e a Rua Primeiro de Março não correm mais o risco de virar vias expressas. O prefeito Eduardo Paes decidiu que ambas ficarão fora do trajeto da Transbrasil, BRT entre Deodoro e o Centro.

Pelo novo trajeto, o corredor não passará pela Avenida Francisco Bicalho. Ao deixar a Avenida Brasil, os ônibus seguirão pelo trecho da Rodrigues Alves que permanecerá aberto ao tráfego. Depois, pegarão o Túnel João Ricardo, que liga a Gamboa e a Central do Brasil, onde haverá um terminal.

Candelária 

Em seguida, os ônibus irão pela Presidente Vargas até a Candelária, onde será construído outro terminal. O trajeto permitirá que parte dos custos seja do Consórcio Porto Novo, que detalha a proposta.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

RIO Centro de operações dos BRTs começa a operar nesta sexta-feira

23/05/2014 - O Globo

Câmeras instaladas em ônibus e nas estações serão usadas para monitorar o transporte no corredor expresso

por LUIZ ERNESTO MAGALHÃES

Sob controle. Obras do CCO, no terminal Alvorada: acompanhamento, em tempo real, do sistema de BRT da Transcarioca e Transoeste, além das novas linhas.


RIO — Às vésperas da abertura do BRT Transcarioca (Barra da Tijuca-Aeroporto Internacional Tom Jobim) — a presidente Dilma Rousseff fará a viagem inaugural no próximo dia 1º —, a prefeitura inaugura nesta sexta-feira o Centro de Controle Operacional (CCO), que ficará responsável por monitorar todos os corredores expressos de ônibus a serem implantados na cidade nos próximos anos. Com 1,3 mil metros quadrados distribuídos em dois andares, o CCO está instalado no Terminal Alvorada, onde o Transcarioca fará conexões com o Transoeste (Barra-Campo Grande/Santa Cruz). Em 2016, o CCO vai monitorar também o BRT Transolímpico (Barra-Deodoro). O CCO acompanhará ainda a operação do Transbrasil (Deodoro-Centro), cuja inauguração também está prevista para 2016, mas cujas obras ainda não começaram.

— Com as ampliações do sistema, o BRT começa a tomar forma de uma grande rede de transportes. A operação dessa rede é complexa. Precisa de um monitoramento constante, para que opere de forma integrada com outros transportes de massa., como metrô e trens. Com o CCO é possível ter agilidade para redimensionar frotas, alterar roteiros conforme a demanda ou imprevistos que aconteçam no dia a dia da cidade — explicou o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão.

A estimativa dos consórcios é que serão feitas até 2 milhões de viagens por dia quando os quatro corredores de BRTs estiverem em pleno funcionamento. O CCO vai operar 24h por dia e conta com dois geradores para reduzir o risco de apagões. Parte da parede do CCO é envidraçada, o que permitirá ao usuário do Terminal Alvorada observar o trabalho dos operadores de uma passarela de pedestres nas proximidades.

Sistema custou R$ 8 milhões

A implantação do sistema custou R$ 8 milhões às empresas que integram os quatro consórcios que exploram as linhas de ônibus do Rio. Com a entrada em operação da nova central, o CCO atual, de menor porte e aberto há dois anos para atender exclusivamente ao Transoeste, deverá ser desativado na próxima semana. Do novo CCO, será possível acompanhar, em tempo real, as câmeras de vídeo instaladas nos ônibus, além das 510 câmeras que monitoram as estações — 260 no Transcarioca e 250 no Transoeste. A localização dos veículos também é acompanhada pelo GPS. Inicialmente, o CCO terá 60 câmeras de vídeo em operação, que chegarão a cem depois da abertura dos BRTs Transolímpico e Transbrasil.

No futuro, corredores integrados

O projeto dos corredores expressos é mais amplo do que foi divulgado até agora. No futuro, não haverá mais veículos articulados com identificação, como Transcarioca ou Transoeste. Tudo fará parte do grande sistema de BRT, que , à medida da necessidade, será ampliado. Se for constatada demanda nova ou maior para uma determinada área da cidade, novas linhas serão criadas,permitindo que um ônibus articulado use o corredor do outro, ampliando o trajeto original da viagem. O Transoeste, por exemplo, foi criado, inicialmente, para ter duas linhas: uma linha paradora e outra expressa. Dois anos depois do início da operação, conta com 12 linhas em operação, sem necessariamente chegarem ao Terminal Alvorada.

Facebook
Twitter
Plus
 
VEJA TAMBÉM
Transcarioca já tem rachaduras na pista
Prefeitura do Rio vai inaugurar 22 estações do BRT Transcarioca no dia 1º de junho
BRT Transcarioca recebe nome de Juscelino Kubitschek
Paes: mudança no BRT aumentou apenas 11% do custo da obra
RIO30ºC16ºCLOGIN
CAPA
PAÍS
Rádio do Moreno
Blog do Merval
Blog do Noblat
Ilimar Franco
RIO
Trânsito
Ancelmo.com
Gente Boa
Bairros
Eu-repórter
Rio 450
Rio Show
Repinique
Chope do Aydano
Blog de Bamba
Design Rio
Rio 2016
ECONOMIA
Defesa do Consumidor
Miriam Leitão
Boa Chance
Empreendedorismo
Morar Bem
SOCIEDADE
Ciência
Saúde
Educação
História
Conte algo que não sei
MUNDO
Lá fora
TECNOLOGIA
Teste da semana
Start-ups
Cora Rónai
Pedro Doria
CULTURA
Rio Show
Patrícia Kogut
Revista da TV
Gente Boa
Prosa
Blog do Xexéo
Logo +
ESPORTES
Copa 2014
Renato M. Prado
Botafogo
Flamengo
Fluminense
Vasco
Pulso
MMA
Rio 2016
Radar Olímpico
Radicais
MAIS +
Blogs
Opinião
Vídeos
Boa Chance
Boa Viagem
Ciência
Educação
História
Morar Bem
Revista Amanhã
Saúde

VOLTAR AO TOPO
VERSÃO CLÁSSICAO GLOBO ©2014



Enviado por Samsung Mobile

terça-feira, 20 de maio de 2014

BRT com grades

20/05/2014 - O Dia - RJ

Coluna Informe do Dia

Rio - Para evitar acidentes, a prefeitura está instalando grades ao longo das pistas por onde circularão os ônibus da Transcarioca, que ligará a Barra ao Galeão. As barreiras, semelhantes às que cercam o Jardim Botânico, são verdes e têm em torno de um metro de altura.

O projeto original do BRT Transcarioca não previa as grades — a decisão de colocá-las foi tomada no fim de 2013 e levou em conta os atropelamentos na Transoeste. A nova via cortará bairros muito povoados, como Madureira, Penha, Jacarepaguá, Vaz Lobo e Ramos.

Simples e duplas

As barreiras estão sendo colocadas em quase toda a extensão do corredor. Na maior parte da via, a grade ficará sobre o canteiro central. Em outros pontos, haverá uma fileira dupla para isolar as pistas.

Treinamento

E começaram ontem os testes na Transcarioca. Ônibus percorreram o trecho entre as estações Alvorada e Tanque. A inauguração será no dia 1º.



Enviado por Samsung Mobile

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Prefeitura do Rio vai inaugurar 22 estações do BRT Transcarioca no dia 1º de junho

Além de serviço expresso Barra-Tom Jobim haverá serviço local entre Alvorada e Jacarepaguá

Novo Centro de Controle Operacional será aberto para monitorar serviço

LUIZ ERNESTO MAGALHÃES
TAÍS MENDES

16/05/14 - O Globo

A reunião de autoridades dos governos municipal, estadual e federal reunidos para discutir o plano operacional para a Copa Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo
A reunião de autoridades dos governos municipal, estadual e federal reunidos para discutir o plano operacional para a Copa Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta sexta-feira que 22 estações do BRT Transcarioca vão ser inauguradas no dia 1º de junho. Com isso, os ônibus do sistema vão operar prestando dois serviços distintos: uma linha expressa, que já havia sido anunciada na semana passada, que vai parar apenas em quatro estações para atender à Copa do Mundo (Terminal Alvorada, Vicente de Carvalho e terminais 1 e 2 do Aeroporto Internacional Tom Jobim).
O segundo, anunciado nesta sexta-feira, vai operar entre o Terminal Alvorada e o Largo do Tanque, com estações intermediárias que vão atravessar vias como a Avenida Ayrton Senna, a Avenida Embaixador Abelardo Bueno, a Estrada dos Bandeirantes e a Avenida Nelson Cardoso. Com 20 paradas, o serviço permitirá ao usuário chegar a pontos importantes da região como os shoppings, condomínios e hospitais da Barra, de Camorim e da Taquara.
A linha terá as seguintes estações: Alvorada, Lourenço Jorge, Makro, Via Parque, Centro Metropolitano, Hospital Sarah, Rio II, Pedro Correia, Curicica, Praça do Bandolim, Arroio Pavuna, Vila Sapê, Comandante Guaranys, Divina Providência, Santa Efigênia, Merck, André Rocha, Bandeira Brasil (Largo da Taquara), Aracy Cabral e Mestre Candeia (Tanque), de acordo com listagem de nomes publicada na edição desta sexta-feira do Diário Oficial do Município.

VEJA TAMBÉM
BRT Transcarioca recebe nome de Juscelino Kubitschek
Paes: mudança no BRT aumentou apenas 11% do custo da obra
Gasto com o BRT Transcarioca já é 46% maior que o previsto
GALERIA Problemas nas obras da Transcarioca
GALERIA Transcarioca: protesto na Avenida Brasil
Manifestação de operários da Transcarioca atrapalha o trânsito
Ainda em obras, BRT Transcarioca vira estacionamento na Taquara

Pelo planejamento original da prefeitura, essas estações seriam abertas em março. Mas o cronograma foi alterado, porque as obras não foram concluídas a tempo. Para operar o novo sistema, os consórcios que reúnem as empresas de ônibus do Rio estão construindo um novo Centro de Controle Operacional no Terminal Alvorada que ficará pronto na semana que vem. O novo CCO vai centralizar as operações dos BRTs Transoeste e Transcarioca. E no futuro, do BRT Transolímpico, que ligará a Barra a Deodoro.

O anúncio foi feito após uma reunião do prefeito com autoridades federais, do governo do estado e responsáveis pela organização da Copa do Mundo, no Palácio da Cidade, em Botafogo. No encontro, foram discutidos detalhes do planejamento operacional das áreas de segurança, saúde e mobilidade urbana. Na avaliação do prefeito e do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o Rio é a cidade mais preparada para a Copa, pela experiência acumulada com a organização de megaeventos.

— Na reunião, trocamos informações e consolidamos os últimos detalhes. A prefeitura já divulgou o seu plano de operação na semana passada. Temos a convicção de que a cidade vai receber bem os seus visitantes. Vamos ter um super evento. Toda a estrutura estará pronta e montada — disse Paes.
Aldo Rebelo também avalia que a cidade está preparada e acredita que as manifestações não serão um problema:

— Como era previsível, as manifestações de quinta-feira tiveram mais um um caráter de reivindicação de categorias profissionais do que protestar contra a Copa. Eu já previa uma redução do impacto dessas manifestações. Mesmo diante dos protestos, as pessoas estão s voltando para a Copa. A população sabe que o futebol num país desigual como o nosso, deu oportunidades para muita gente. O futebol tem o respeito e o carinho da população — avaliou o ministro.

Também participaram do encontro o coordenador-executivo do Geocopa e ministério dos Esportes, Luiz Fernandes, e o diretor executivo do Comitê Organizador Local (COL), Ricardo Trade.

— O que tratamos hoje aqui foram detalhes da operação no Rio, que já tem experiência acumulada em eventos desse porte — disse Fernandes.
O coordenador do Grupo Executivo da Copa (Gecopa) disse que a cidade será uma das mais procuradas por estrangeiros na Copa:

— Mais de meio milhão de turistas compraram ingressos. Desses, pelo menos um terço tem ingressos para jogos no Rio e outras cidades-sede. Um sexto dos visitantes decidiu comprar ingressos apenas para jogos no Maracanã — acrescentou Fernandes.
O país que mandará mais turistas para o Brasil será os Estados Unidos, seguido pela Argentina, de acordo com Luiz Fernandes.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/prefeitura-do-rio-vai-inaugurar-22-estacoes-do-brt-transcarioca-no-dia-1-de-junho-12509403#ixzz31uB4dgBC 

© 1996 - 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

BRT Transcarioca recebe nome de Juscelino Kubitschek

Conjunto de 55 estações, terminais e viadutos também foram batizados pela Prefeitura do Rio

LUIZ ERNESTO MAGALHÃES 

16/05/14 -O Globo

A ponte estaiada, na saída da Ilha do Governador, será uma homenagem ao ex-prefeito Pereira Passos Foto: Custódio Coimbra / Agência O Globo
A ponte estaiada, na saída da Ilha do Governador, será uma homenagem ao ex-prefeito Pereira Passos Foto: Custódio Coimbra / Agência O Globo

RIO - O BRT Transcarioca — corredor exclusivo para ônibus que ligará a Barra ao Aeroporto Internacional Tom Jobim — que será inaugurado no dia 1º de junho, foi batizado de Juscelino Kubitschek. O conjunto de 55 estações, terminais e viadutos também ganharam nomes, conforme publicação no Diário Oficial do município do Rio desta sexta-feira. As estação do aeroportos serão chamadas de Tom Jobim. O viaduto que liga a Estrada do Galeão à Avenida Vinte de Janeiro será Viaduto Vinícius de Moraes. A ponte estaiada na saída da Ilha do Governador será uma homenagem ao ex-prefeito Pereira Passos.
Em parte da Zona Norte, o samba é a referência. Uma das estações, por exemplo, foi batizada de Cacique de Ramos. Enquanto o terminal de Madureira, Paulo da Portela. A lista completa pode ser consultada na página da prefeitura: www.rio.rj.gov.br.
VEJA TAMBÉM
Paes: mudança no BRT aumentou apenas 11% do custo da obra
Gasto com o BRT Transcarioca já é 46% maior que o previsto
GALERIA Problemas nas obras da Transcarioca
GALERIA Transcarioca: protesto na Avenida Brasil
Manifestação de operários da Transcarioca atrapalha o trânsito
Ainda em obras, BRT Transcarioca vira estacionamento na Taquara
O BRT terá 39 quilômetros de corredores exclusivos de ônibus com 45 estações que vão se integrar a terminais rodoviários, linhas de metrô e a trens ao longo das zonas Norte e Oeste. Segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), as obras custaram mais de R$ 1,9 bilhão (incluindo reajustes contratuais pela inflação). Mas para a Copa do Mundo, está confirmado, por enquanto, apenas o funcionamento de quatro estações (Terminais 1 e 2 do Aeroporto Tom Jobim, Vicente de Carvalho e Alvorada) porque a implantação de todo o sistema é considerado um serviço complexo. Assim como aconteceu quando o BRT Transoeste foi implantado há dois anos, o usuário terá que se acostumar a uma série de mudanças: os itinerários de dezenas de linhas tradicionais serão revistos ou eliminados. A expectativa é que todas as estações entrem gradualmente em operação até o fim do ano, transportando cerca de 320 mil pessoas por dia.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/brt-transcarioca-recebe-nome-de-juscelino-kubitschek-12506163#ixzz31t64eBJA 

© 1996 - 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

terça-feira, 6 de maio de 2014

Prefeitura implanta nova linha de ônibus que vai ligar Méier à Freguesia

07/02/2014 - O Dia

Ligação será feita pela Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá. Ônibus começam a circular neste sábado

Rio - Começa a circular neste sábado uma nova linha de ônibus que vai ligar o bairro do Méier, na Zona Norte, à Freguesia, na Zona Oeste, através da Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá. De acordo com a Prefeitura, a linha LECD 5 (Méier x Freguesia, via Grajaú-Jacarepaguá) faz parte do consórcio Transcarioca e será integrada ao Bilhete Único Carioca.

A nova linha sairá do Terminal Arquiteto Gelton Paciello da Motta, no Méier, e percorrerá o seguinte itinerário: Rua Medina; Rua Ana Barbosa; Rua Hermengarda; Rua Lins de Vasconcelos; Rua Cabuçu; Rua Dona Romana; Rua Caimbé; Rua Araújo Leitão; Rua Barão do Bom Retiro; Avenida Menezes Cortes (Autoestrada Grajaú Jacarepaguá); Estrada do Pau Ferro; Estrada do Guanumbi; Estrada dos Três Rios; Avenida Geremário Dantas; Praça Professor Camisão; Estrada do Gabinal; Estrada de Jacarepaguá; Rua Tirol; Estrada do Bananal; Estrada dos Três Rios; Avenida Menezes Cortes; Rua José do Patrocínio; Rua Alexandre Calaza; Rua Visconde de Santa Isabel; Rua Barão do Bom Retiro; Rua Vinte e Quatro de Maio; Avenida Amaro Cavalcanti e Terminal Arquiteto Gelton Paciello da Motta.