quinta-feira, 12 de abril de 2018

Bangu

Auto Viação Bangu S.A
1962 - 2016

Resumo Histórico

Empresa formada em 1962, atendendo às determinações do Governo do Estado da Guanabara, que obrigava os proprietários de lotações individuais a se organizarem em empresas.

A sociedade foi fundada através de Assembleia Geral Constituinte realizada no dia 24  de maio de 1962, com frota inicial de 14 lotações.

O capital social da empresa, de 4,2 milhões de cruzeiros, correspondia ao valor da frota de 14 lotações usados, cada um avaliado em 300 mil  cruzeiros, dos seguintes proprietários individuais: 

Irizeu Evaristo de Paula
Domingos Antônio de Carvalho
Paulo Joel Gollo
Antônio de Andrade
Antônio Ferreira de Macedo
Waldir Borrigueiro
Elcto Rodrigues
José Joaquim Pereira Gomes
Secundino Moreira de Seabra
Hildebrando Ferreira Filho
Manoel Antônio Soares
Sebastião Antônio Fernandes
Abdon Domingos Vicente
Max Coelho 

Proprietários dos 14 lotações com os seguintes números de ordem: 1490, 1968, 2016, 2066, 2025, 2196, 2204, 210, 253, 202, 402, 489, 572, 1407.

A Empresa inicia suas operações explorando a linha de lotação Cascadura - Bangu.


Linha 746 (Cascadura - Senador Camará) inaugurada em 1965


Em 1968, a Empresa assume a operação da Linha 745 (Bangu-Cascadura), até então explorada pela Viação Princeza.


Receitas de Passageiros (Cr$)

1963 -      62.039.300,00
1966 -    873.123.312,00
1967 - 1.694.654,290,00


Linhas da Empresa e frota determinada em 1973:

744 (Cascadura - Realengo) via Jardim Novo, 13 carros
745 (Cascadura - Bangu), 25 carros
746 (Cascadura - Senador Camará), 44 carros


Linhas da Empresa em 1978:

739 - Capelinha - Bangu   
744 - Cascadura - Realengo (via Jardim Novo)
745 - Cascadura - Bangu   
746 - Cascadura - Senador Camará
794 - Capelinha - Cascadura
795 - Bangu - Capelinha
796 - Senador Camará - Capelinha


A Empresa em dezembro de 1982:

Frota autorizada: 240
Linhas em operação: 18
Passageiros/mês: 4.584.491


Fonte: "Transporte Urbano Rodoviário na Cidade do Rio de Janeiro". Superintendência Municipal de Transportes urbanos. 1982, dezembro.


Em 1996, a Empresa, em processo de cisão, reativa a Viação Andorinha, com as seguintes linhas: 391, 719, 745, 746, 790, 797, 798, 799, 800 e 960. A Viação Bangu continuou operando as linhas 383, 715, 716, 717, 725, 739, 741, 742, 743, 744, 777, 794.

Em outubro de 2011, recebe para testes um ônibus de piso baixo (low-entry), modelo Comil Svelto. 

A Viação Bangu encerra suas atividades no dia 12 de maio de 2016, quando explorava 23 linhas.


Prefixos da Frota:

39 00, Lotações
58 500, Ônibus

Sedes da Empresa: 

Rua Francisco Real, 882, em Padre Miguel.
Estrada General Canrobert da Costa, 536, Realengo


REFERÊNCIAS:

“Auto Viação Bangu S.A.”. Jornal do Commercio. 1963, abril, 15. Segundo Caderno. Página 9. 

“Auto Viação Bangu S.A. Relatório da Diretoria”. Jornal do Commercio. 1964, maio, 2. Segundo Caderno. Página 6. 

“Delinquentes usaram no assaltao à garagem até metralhadora”. O Jornal. 1965, julho, 2. Primeiro Caderno, página 9.

“Auto Viação Bangu S.A. Relatório da Diretoria”. Jornal do Commercio. 1967, junho, 23. Página 17. 

“Auto Viação Bangu S.A. Relatório da Diretoria”. Jornal do Commercio. 1968, julho, 31. Página 16. 

“Assaltaram ônibus”. Diário de Notícias. 1969, outubro, 23. Primeira Seção, página 13.

“Quadrilha assalta ônibus e ladrão é prêso pela cabeça”. Correio da Manhã. 1969, outubro, 23. Primeiro Caderno, página 12. 

“Empresa de transportes assaltada na madrugada”. Luta Democrática. 1972, outubro, 3. Página 2.

"Auto Viação Bangu é a sexta empresa de ônibus a fechar em um ano". O Dia. 2016, maio, 13. Disponível em


Marcelo Almirante
Página lançada em 12 de abril de 2018






Nenhum comentário:

Postar um comentário