terça-feira, 22 de maio de 2018

Salineira

Auto Viação Salineira Ltda.
Desde 1943

Resumo Histórico

Empresa de coletivos,  com sede no Município de Cabo Frio, fundada na década de 1940 por Aléxis Novellino ainda com o nome "Empresa de Transporte de Passageiros Salineira".

A Viação Salineira inicia suas operações em 1943, explorando a Linha Cabo Frio - São Pedro d´Aldeia, com apenas 3 horários/dia por sentido.

Em 1944, é inaugurada a segunda linha da Empresa, entre Cabo Frio e Araruama. Ainda em 1944 são inauguradas as linhas Cabo Frio - Arraial do Cabo e Cabo Frio - Búzios.

Em 1946, a Viação Salineira inaugura a linha de ônibus Niterói - Cabo Frio, com dois horários por sentido. Em 1950, na mesma linha, a Empresa contava serviço de ônibus e camionetas, com quatro saídas diárias por sentido. Era a única empresa de ônibus a explorar uma linha de ônibus entre Niterói - Cabo Frio, concorrendo somente com os trens da Estrada de Ferro Maricá, que partiam, uma vez ao dia, da estação de Neves, em São Gonçalo. Na época o Município de Cabo Frio contava com cerca de 18 mil habitantes.

Em Niterói, o ponto final e agência da Empresa localizava-se na rua São Pedro, 23.

Tribuna da Imprensa, 18/07/1952

Em 1954, a rodovia Amaral Peixoto (RJ-5), que faz a ligação entre as localidades de Tribobó e Macaé, via litoral, com 183 km de extensão, contava com apenas 78 km de pistas pavimentadas, e ainda por método de baixo custo, através de estabilização betuminosa, nos seguintes trechos:

- Tribobó - Sampaio Correia - 56 km
- Morro dos Pregos - Bacaxá - 6 km
- Divisa de Saquarema - Araruama - 9 km
- Iguaba Grande - São Pedro d'Aldeia - 7 km

Em dezembro de 1957, é entregue oficialmente a pavimentação do trecho São Pedro d´Aldeia – Macaé da Rodovia Amaral Peixoto (RJ-5), com 66 km de extensão. O trecho Niterói – São Pedro d´Aldeia, com 122 km, já estava pavimentado.

Na década de 1970, a Rápido Macaense compra a Viação Salineira.

No dia 13 de setembro de 1971, em caráter provisório, a  Viação Salineira recebe autorização para explorar a linha Cabo Frio – São Vicente de Paulo, distrito do município de Araruama.

Fluxo de Ônibus da Viação Salineira no terminal rodoviário improvisado, localizado no Largo de Santo Antônio, em outubro de 1976:

Centro - Baixo Grande, 66 ônibus/dia
Centro - São Cristóvão, 64
Centro - Baião de Ferro, 64
Centro - Forte São Mateus, 44
Centro - São Vicente de Paulo, 3
Centro - Sapucaia, 3
Centro - Campos Novos, 3
Centro - Linha da Cruz, 8
Centro - Rasa, 3
Centro - Retiro, 10
Cabo Frio - Armação dos Búzios, 24
Cabo Frio - Arraial do Cabo, 64 
Cabo Frio - São Pedro d´Aldeia, 64
Cabo Frio - Iguaba, 4


Em 1977, a Rápido Macaense adquire a Viação Salineira.

Em agosto de 1977, já sob o controle da Rápido Macaense, e atendendo aos pedidos dos moradores, é iniciado o serviço noturno nas linhas de Cabo Frio - São Pedro da Aldeia e Cabo Frio - Arraial do Cabo, via São Cristóvão, com saídas às 0h, 2h e 4h.

Em setembro de 1977, a Viação Salineira inaugura duas linhas circulares no primeiro distrito, beneficiando moradores e turistas. Na mesma época são incorporados 10 novos ônibus à frota.

Em 1978, no dia 5 de outubro, a Rápido Macaense inaugura sua garagem na Avenida Central, no bairro de Flamboyant, abrigando também a frota da Viação Salineira.

Em 1980, a Viação Salineira com frota de 93 ônibus, coloca em operação 17 novos ônibus, sendo 8 Marcopolo, 7 Ciferal e 2 Caio.

Em 1982, entrando no ramo de turismo, a Empresa cria a Salineira Turismo, com frota inicial de 8 ônibus.

Sede da Empresa: Rua Coronel Quintanilha, até 1979, quando é transferida para a Avenida Central, 81, bairro Flamboyant, Cabo Frio - RJ. 

Mais tarde, do mesmo grupo empresarial da Viação Salineira, são criadas as viações Montes Brancos Ltda. e São Pedro.

Linhas Municipais de Cabo Frio em 1989, todas operadas pela Salineira, única empresa de ônibus do Município:

Urbanas

Cabo Frio - São Cristóvão
Cabo Frio - Baião de Ferro
Cabo Frio - Forte São Matheus
Cabo Frio - Jardim Caiçara
Cabo Frio - Célula Máter
Cabo Frio - Jacaré
Cabo Frio - Circular (Jardineira)

Interior

Cabo Frio - Saco Fora
Cabo Frio - Peró
Cabo Frio - Búzios 
Cabo Frio - Araçá
Cabo Frio - Raza
Cabo Frio - Búzios
Bosque Peró - Jardim Esperança
Campos Novos - Búzios
Jardim Santo Antônio - Búzios


Em maio de 1984, a Prefeitura de São Pedro d´Aldeia cassa a concessão da  Auto Viação Estrela do Oriente, em função do desrespeito às normas trabalhistas e irregularidades no contrato de concessão. A Viação Salineira assume provisoriamente a operação das linhas, contratando os antigos empregados.

Em janeiro de 1986, a Viação Salineira recebe 10 novos ônibus, todos modelo Ciferal Padron Alvorada, que entram em operação nas linhas Cabo Frio - Arraial do Cabo, Cabo Frio - Búzios e Cabo Frio Bacaxá. A Empresa passa a contar com frota de 96 ônibus.

Em julho de 1988, a Viação Salineira coloca 10 novos ônibus em operação, todos modelos Caio Vitória.


O Fluminense, 22 de julho de 1988
AMPLIA

Em janeiro de 1989, a Viação Salineira recebe 44 novos ônibus, sendo 25 modelos Caio "Padron" Vitória e 19 Ciferal.

No dia 16 de outubro de 1989, o prefeito de Cabo Frio assina acordo com a empresa, concedendo passe livre aos estudantes de primeiro grau e 50% de desconto nas passagens para os alunos do segundo grau. Na época a Salineira já concedia desconto de 50% para estudantes.

Em 2001, início da operação do sistema de bilhetagem eletrônica, através do Cartão Setransol, válido nos carros das empresas Salineira, Montes Brancos e São Pedro. O sistema foi o segundo a ser implantado no estado, atrás somente do município de Angra dos Reis, implantado pela  Viação Senhor do Bonfim.


No dia 2 de abril de 2005, inauguração do sistema de integração temporal por bilhetagem eletrônica nos ônibus municipais, com duração de 60 minutos.


REFERÊNCIAS:

"Para o fim de semana". Tribuna da Imprensa. 1950, junho, 1. Turismo, página 8.

"Menor morta pelo ônibus". Diário da Noite. 

"Turistas encontram mais ônibus circulares agora". O Fluminense. 1977, novembro, 4. Edição Cabo Frio, página 4.


“Macaense atende pedido do Prefeito José Bonifácio”. O Fluminense. 1977, agosto, 19. Edição Cabo Frio, página 2.

"Conforto, segurança e pontualidade: os Objetivos da Macaense/Salineira". O Fluminense. 1978, outubro, 6. Edição Cabo Frio, página 3.

"Turismo". O Fluminense. 1982, julho, 15. Página 2.

LACERDA, Regina. "Rodoviário continua a luta contra o TU". O Fluminense. 1984, maio, 22. Página 7.

"Transporte Melhora". O Fluminense. 1989, janeiro, 12. Região dos Lagos, página 2.

"História". Página Oficial Salineira. Acessada em 22 de maio de 2018


Marcelo Almirante
Página lançada em 22 de maio de 2018










Nenhum comentário:

Postar um comentário