quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

FETRANSPOR DIZ QUE SUSPENDERÁ LINHAS IMPORTANTES DE ÔNIBUS

07/12/2016 - O Globo

Paralisação será devido à falta de repasse dos subsídios do Bilhete Único Intermunicipal

Passageiro pagou o valor integral da tarifa do ônibus intermunicipal em Niterói Foto: Gabriel de Paiva / O Globo
Passageiro pagou o valor integral da tarifa do ônibus intermunicipal em Niterói - Gabriel de Paiva / O Globo


RIO - Devido à suspensão de repasse dos subsídios do Bilhete Único Intermunicipal, por parte do governo estadual, a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio (Fetranspor) informou, nesta quarta-feira, que haverá paralisação de linhas importantes do serviço na Região Metropolitana do Rio.

O estado deve R$ 17 milhões em subsídios às concessionárias de transporte, segundo o  secretário de transportes, Rodrigo Vieira. Bilhete Único: governo não consegue repassar subsídios antes do dia 14
Passageiro pagou o valor integral da tarifa do ônibus intermunicipal em NiteróiProcurador-geral do RJ diz que ônibus e metrô terão que ressarcir usuário por cobrança integral

Passageira Angela Amaral pagou valor integral do Bilhete Único intermunicipal nesta segunda-feiraSuspensão de desconto no Bilhete Único surpreende passageiros

De acordo com a federação, o Bilhete Único Intermunicipal representa, em média, 29% da receita das empresas de transporte por ônibus em todas as transações feitas com cartão eletrônico.

“Para efeito de comparação com os custos de operação, o percentual de 29% é superior ao segundo maior custo das empresas, o combustível (óleo diesel), que chega a 25% do total de despesas”, diz trecho da nota.

A Fetranspor afirma que a falta de repasse dos subsídios do Bilhete Único Intermunicipal “agrava ainda mais a situação das empresas, que estão às vésperas de pagamento da segunda parcela do 13º salário (de 50%), prevista para o dia 20 deste mês, que pode não ocorrer. O percentual do BUI na receita das empresas de ônibus intermunicipal pode chegar a 44%”.

A federação das empresas de ônibus informou ainda que pedirá a reconsideração da decisão da Justiça.

Na última segunda-feira, a suspensão do desconto da tarifa do Bilhete Único Intermunicipal, decidida pelas empresas de transportes, pegou muita gente de surpresa. Os passageiros tiveram que arcar com a tarifa integral de ônibus intermunicipal e metrô. Apenas os usuários das barcas e dos trens pagaram a tarifa com o benefício do Bilhete Único.

GOVERNO NÃO CONSEGUE REPASSAR SUBSÍDIO ANTES DO DIA 14

Na tarde de segunda-feira, durante reunião com representantes de concessionárias e parlamentares, na Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), o subsecretário de Fazenda do estado, Luiz Cláudio Gomes, disse que não havia possibilidade de o governo repassar subsídios para o Bilhete Único Intermunicipal antes do dia 14. Mesmo assim, se conseguisse um acordo na reunião de conciliação marcada pelo Superior Tribunal Federal, nesta quarta-feira, para arrestos e bloqueios.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/fetranspor-diz-que-suspendera-linhas-importantes-de-onibus-20603502#ixzz4SA4rd13P 
© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário