domingo, 6 de março de 2016

Nova Iguaçu tem mudanças na frota de ônibus

05/03/2016 - O Dia

Após licitação, dois consórcios passam a operar, no dia 14, os ônibus da cidade, que serão padronizados

DIEGO VALDEVINO

Rio - No próximo dia 14, as ruas de Nova Iguaçu terão novas cores. Os 454 ônibus de 83 linhas do município começarão a circular com a nova pintura padronizada. Os veículos serão operados pelos consórcios Reserva de Tinguá e Serra do Vulcão, que venceram a concorrência e são os novos concessionários do transporte na cidade. O lay-out dos coletivos será apresentado nesta terça-feira, em cerimônia no Bairro da Luz. A mudança visual tem o objetivo de facilitar a identificação pelos usuários e a fiscalização da prefeitura, além de ser uma das exigências da licitação, que promete oferecer mais conforto.

Os coletivos serão padronizados com as cores branca e laranja, em homenagem à cidade. A idade média dos veículos é de cinco anos
Foto: Divulgação

Na operação, pelo menos uma alteração. A Salutran, que atualmente tem a maior frota do município, ficou fora da concorrência, iniciada no ano passado. “As linhas licitadas não são fixas. Elas podem ser reduzidas ou ampliadas, se houver necessidade. Vão circular veículos com idade média de cinco anos. Este número pode, também, aumentar ou diminuir. Antes, as empresas só tinham permissões, agora são concessões”, afirmou o secretário municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana, Rubens Borborema.

Sete empresas formam os dois consórcios: Vera Cruz, Linave, Brazinha, Mirante, Nilopolitana, Expresso Nossa Senhora da Glória e São José. “No dia 14 haverá fiscalização e só vão circular os ônibus padronizados. Faremos divulgação com panfletos e banners para não pegar a população de surpresa. O que está em questão não é só a nova cor dos ônibus, mas sim uma melhor qualidade no serviço, com maior pontualidade e motoristas mais treinados”, acrescentou Borborema.

Não há na licitação, no entanto, meta para que as empresas substituam a frota por veículos refrigerados. A tarifa de R$ 3,40 será mantida.

Ainda segundo ele, as cores dos novos ônibus foram escolhidas para lembrar a história de Nova Iguaçu. “O laranja lembra a época dos laranjais, o branco, uma das cores da cidade, e o cinza, que está na parte debaixo do coletivo, é para sujar menos. Outra novidade é que eles não terão apenas o nome do trajeto de identificação, mas também os números”, disse. 

Ampliação de terminal deve melhorar trânsito da cidade

Dois terminais rodoviários da Baixada Fluminense devem ser reformados e ampliados até o fim do ano. Além de Nilópolis, a rodoviária de Nova Iguaçu já teve as obras iniciadas. O terminal ganhará quatro plataformas, ampliando a capacidade e passam a ter acessibilidade, novo sistema de câmeras de monitoramento e controle de acesso, além de nova iluminação. Haverá também cobertura, lojas, áreas de alimentação e melhor organização para embarques.

A nova estrutura da rodoviária vai contar ainda com seis guichês de bilheteria, estacionamento com 30 vagas e novos banheiros. Serão instaladas 39 novas baias para ônibus, aumentando de 30 para 33 o número de linhas e de 17 para 20 empresas operando no terminal. Ao todo, serão 59 novas lojas e 25 quiosques, em área de 10.950 m².

“Com ônibus padronizados e um terminal moderno e ampliado, o trânsito ficará melhor, pois hoje muitos não cabem nas baias e ficam circulando próximos da rodoviária em busca de uma vaga”, lembrou Rubens Borborema.

Empresas tradicionais ficam de fora

Empresas tradicionais como a Salutran e Niturvia ficaram fora da licitação e não vão poder mais circular por Nova Iguaçu. “Será estranho não ver mais um ônibus da Salutran passando pelas ruas. Todos os dias embarco na linha Nova Iguaçu x Cerâmica e vamos ficar um pouco órfãos, pois estavá-mos acostumados com as cores cinza e azul. Com a padronização será melhor a visualização. Hoje, muitos dos letreiros não estão bem iluminados”, contou a dona de casa Lilian Reis, 38 anos.

Para o presidente do consórcio Reserva de Tinguá, Ramiro Brandão, a população sentirá diferença significativa na operação do transporte. “Haverá mais pontualidade e frequência dos ônibus. Acabou essa história de a empresa definir o tempo de intervalo dos coletivos. Os passageiros vão ficar menos tempo nos pontos e o serviço será mais ágil”, afirmou.

3 comentários:

  1. Boa noite
    eu queria saber se a empresa salutran vai sair de circulação?

    ResponderExcluir
  2. Prezado Felipe,

    Segundo a matéria, deixarao de circular.

    ResponderExcluir
  3. A viação brasinha vai operar em outras linhas?

    ResponderExcluir