domingo, 6 de dezembro de 2015

Duas novas linhas de ônibus darão a volta por toda a Zona Sul

05/12/2015 - O Dia

A implementação total do projeto deve ser concluída em março, reduzindo 35% da frota que circula na Zona Sul

Rio - A última etapa das mudanças nos ônibus deste ano, prevista para este sábado, foi adiada para o próximo sábado. Serão eliminadas seis itinerários, e a prefeitura apresentou os trajetos das duas linhas circulares, que praticamente darão a volta por toda a Zona Sul.

A Circular 1 (Leblon - Cosme Velho) passará por Ipanema, Copacabana, Urca, Largo do Machado, Laranjeiras, Cosme Velho, Rebouças e Gávea. Já a Circular 2 (Leblon x Urca) fará o trajeto no sentido inverso, passando por Jardim Botânico, Túnel Rebouças, Cosme Velho, Laranjeiras, Urca, Copacabana, Ipanema e Leblon.

No mesmo dia do início desses itinerários, serão eliminadas as linhas: 511 (Urca x Leblon - via Jóquei), 512 (Urca x Leblon - via Copacabana), 569 (Largo do Machado x Leblon, via Jóquei), 570 (Largo do Machado x Leblon, via Copacabana), 573 (Gloria x Leblon, via Jóquei) e 574 (Gloria x Leblon, via Copacabana). Já a linha 513 terá seu trajeto prolongado até o Humaitá.

As mudanças nas linhas de ônibus que cortam a Zona Sul já reduziram o número de coletivos nos corredores BRS do Centro em até 20%
Foto: Severino Silva / Agência O Dia

Desde o início das mudanças, em outubro, foram extintas 29 linhas de ônibus, modificados os trajetos de outras 13 e criados 10 novos itinerários. Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, estudos preliminares mostram que já houve redução de cerca de 10% de ônibus circulando pelos corredores BRS de Copacabana, e 20%, nos do Centro. O objetivo da prefeitura é reduzir o número de coletivos nas ruas, acabando com as linhas sobrepostas e melhorando o trânsito.

A implementação total do projeto deve ser concluída em março, reduzindo 35% da frota que circula na Zona Sul. Após o próximo sábado, novas alterações só estão previstas para 2016. Segundo a secretaria, o adiamento desta etapa ocorreu para a população ter mais tempo para “assimilar” as mudanças.

Uma das principais reclamações de passageiros tem sido a falta de informações, e a prefeitura chegou a multar as empresas de ônibus, responsáveis pela comunicação das mudanças em R$ 50 mil. Outra queixa, como mostrou O DIA na terça, é sobre a maior espera nos pontos.

Novos itinerários

CIRCULAR 1 - BRS 2
(Leblon x Cosme Velho)

nRua Gilberto Cardoso, Dias Ferreira, General Venâncio Flores, Av. Delfim Moreira, Vieira Souto, Henrique Dumont, Visconde de Pirajá, Nossa Senhora de Copacabana, Princesa Isabel, Túnel do Leme, Lauro Sodré, Venceslau Brás, Pasteur (sentido Urca), Rua Ramon Franco, Av. Portugal, Marechal Cantuária, Rua Cândido Gaffreé, Av. Portugal, Av. Pasteur, Praia de Botafogo, Senador Vergueiro, Largo do Machado, Rua das Laranjeiras, Cosme Velho, Túnel Rebouças, Rua Jardim Botânico, Praça Santos Dumont, Marquês de São Vicente, retorno sob Viaduto de acesso ao Túnel acústico, Rua Mario Ribeiro até a Rua Gilberto Cardoso (ponto final na Escola Municipal Sérgio Vieira de Melo).

CIRCULAR 2 - BRS 2

(Leblon x Urca - via Jd Botânico) nRua Gilberto Cardoso, Av. Bartolomeu Mitre, Praça Santos Dumont, Rua Jardim Botânico, Rua Humaitá, Rua Visconde de Silva, Rua Macedo Sobrinho, Rua Humaitá (sentido Lagoa), Rua Frei Veloso, Túnel Rebouças, Cosme Velho, Rua das Laranjeiras, Soares Cabral, Rua Conde de Baependi, Marquês de Abrantes, Praia de Botafogo, Rua da Passagem, General Severiano, Av. Venceslau Brás, Av. Pasteur (sentido Urca), Rua Ramon Franco, Av. Portugal, Cândido Gaffreé, Av. Portugal, Av. Pasteur, Lauro Sodré, Túnel do Leme, Av. Princesa Isabel, Barata Ribeiro, Túnel Sá Freire Alvim, Raul Pompéia, Rainha Elizabeth, Prudente de Morais, Av. Visconde de Albuquerque e Mário Ribeiro e termina na Rua Gilberto Cardoso (mesmo ponto final da Circular 1).

NOVOS ITINERÁRIOS

Isenção de taxa na via olímpica

O consórcio ViaRio, responsável pela construção e operação da Transolímpica, que ligará o Recreio dos Bandeirantes a Deodoro, deve começar, em março, a cadastrar os moradores de parte da Taquara que terão isenções de pedágio na nova via expressa. A prefeitura decidiu que quem mora a até 2 quilômetros da alça de acesso pela Estrada do Rio Grande não pagará pedágio para ir até o Recreio. Já no sentido Deodoro, em que utilizarão trecho maior da via, a cobrança será normal. A empresa estima que até 35 mil veículos serão cadastrados.

Dos 25 quilômetros da Transolímpica, 13 quilômetros são de via expressa e sob concessão da ViaRio. O valor do pedágio será o mesmo do cobrado na Linha Amarela, que atualmente está em R$ 5,90. A lei aprovada na Câmara de Vereadores em setembro, que dá isenção do pagamento da viagem de retorno dentro do prazo de duas horas, também vale na nova via expressa.

De acordo com a ViaRio, até o fim do ano, 87% das obras deverão estar concluídas, e a inauguração está prevista para o primeiro semestre de 2016. A via terá ainda um corredor BRT, com 18 estações e três terminais.

Um comentário:

  1. Seria uma aberração muito grande acabar com as linhas 583 e 584 Cosme Velho-Leblon e 161 e 162 Lapa-Leblon esta linha têm uma demanda muito grande de passageiros já as outras linhas deveriam acabar mesmo, no entanto deveria mudar o trajeto da 162 em direção ao Leblon em vez de passar pela Praia do Flamengo a linha deveria passar pela Bento Lisboa no Catete e no Largo do Machado absorvendo as linhas 570 e 574

    ResponderExcluir