quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Transporte para chegar ao Rock in Rio passa no teste

30/09/2015 - O Dia

Intervalo entre os ônibus do BRT foi de 2 minutos e meio, em média, com 260 mil passageiros transportados

O DIA

Rio - Cerca de 260 mil fãs do rock foram transportados de BRT até o Rock in Rio na 30ª edição do festival, que terminou no último domingo. Segundo o consórcio operador do transporte, 110 mil passageiros embarcaram nos ônibus articulados nos três dias da primeira semana do evento e outras 151 mil, nos quatro dias da segunda semana.

O BRT foi o único transporte coletivo regular disponível para levar o público à Cidade do Rock. Na avaliação do consórcio e da Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), a operação foi bem-sucedida. O tempo médio de intervalo entre os ônibus articulados foi de 2 minutos e 40 segundos.

Embarques no BRT durante o Rock in Rio não demoraram mais de 2m40s, em média
Foto: Ari Kaye/SMTR

"Os problemas iniciais já não foram observados no segundo dia de operação do serviço exclusivo. Graças a medidas como separação dos locais da bilheteria e da fila de embarque, aumento na quantidade de acessos para a plataforma exlcusiva e reforço na equipe de atendimento, o serviço passou a receber elogios em seus canais de atendimento, muitos dirigidos aos orientadores de embarque, por sua simpatia", informou o Consórcio BRT, em nota.

Das 10h30 da manhã até 4h30 da madrugada, os ônibus articulados fizeram a ligação direta entre a Cidade do Rock e o Terminal Alvorada em 4.683 viagens de 20 minutos, em pista exclusiva e sem paradas. No último dia, o inicio das operações foi antecipado para as 10h, para atender o público que chegou mais cedo. Quem preferiu também pôde optar por ônibus especiais de primeira classe que partiram da Rodoviária Novo Rio pelo preço de R$ 70.

“Executamos um planejamento de alta complexidade com total sucesso. Quando tivemos problemas, apresentamos ajustes imediatamente, e a cada dia a operação foi melhor executada. O Rock in Rio no meio da região com maior número de obras impactantes, respeitando o acesso dos moradores, mantendo a rotina das obras e permitindo que o público pudesse chegar e sair todos os dias com segurança demonstram que a mobilidade da cidade passa por um momento de grande capacidade de planejamento e execução”, destaca o secretário municipal de Transportes Rafael Picciani.

Nenhum comentário:

Postar um comentário