quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Ônibus terão novos elevadores para melhorar acessibilidade

15/09/2015 - O Dia

Três empresas do Rio e da Região Metropolitana já compraram os equipamentos

Rio - Três empresas do sistema Fetranspor - uma que opera linhas intermunicipais e outras duas linhas municipais – estão investindo em uma nova tecnologia para melhorar a acessibilidade no transporte de passageiros na cidade do Rio e na Região Metropolitana. Um modelo mais moderno de plataforma elevatória começou a ser testado para facilitar o embarque de passageiros em cadeiras de rodas ou com mobilidade reduzida.

Novos elevadores ficam protegidos dentro do bagageiro
Foto: Divulgação

Antes exposto e acoplado às carrocerias, o novo elevador agora vem embutido, como se estivesse guardado no bagageiro do veículo, sendo acionado pelo motorista ou cobrador somente quando necessário. Estimativa da Secretaria de Estado de Transportes aponta que haverá redução de 45% nos problemas operacionais com a implantação dessa tecnologia.

Os novos elevadores começaram a ser instalados em ônibus das empresas Vera Cruz, Braso Lisboa e Ideal. Na Vera Cruz, foram incorporados à frota das linhas intermunicipais que fazem a ligação entre a Baixada Fluminense e a Zona Oeste do Rio. O serviço especial para passageiros está disponível em dez ônibus das linhas Caxias-Freguesia e Caxias-Pau Ferro. Satisfeita com os resultados iniciais, a empresa já encomendou mais dez unidades, que devem entrar em operação até o fim do mês, prazo para as adaptações necessárias e a regularização junto aos órgãos de controle e fiscalização. Outros 11 ônibus serão incorporados à frota da Ideal e da Braso Lisboa ainda no mês de setembro, e atenderão a linhas da Zona Norte da capital.

"Esse equipamento já é utilizado no Chile há quatro anos, e estamos tendo a iniciativa de testá-lo aqui no Brasil. Com essa praticidade e proteção contra desgaste, o custo da empresa também diminui”, contou Vinicius de Castro, gerente de manutenção da Braso Lisboa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário