quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Rio vai eliminar 33 linhas de ônibus e criar 5 novas rotas, na Zona Sul

20/08/2015 - Jornal do Brasil
 
As ruas da Zona Sul terão menos ônibus a partir da primeira semana de outubro quando 33 linhas saírão de circulação. A meta é fazer com que, aproximadamente, 700 ônibus deixem de rodar na região até a Olimpíada. Hoje dois mil veículos cruzam aqueles bairros.

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, vai encurtar também o itinerário de outras 21 linhas e criar cinco rotas. O objetivo é aumentar acabar com a sobreposição das linhas e a disputa por passageiros nos pontos, como acontece em bairros como Copacabana.

O plano será implantado gradativamente. A previsão é que até março de 2016, 35% dos ônibus da região estejam fora de operação. Os moradores da Barra da Tijuca terão que fazer integração na Zona Sul, caso o destino seja o Centro.

Segundo o subsecretário de Planejamento, Alexandre Sansão, as alterações devem encurtar o tempo de viagem e garantir mais fluidez no trânsito. As mudanças deverão impactar inclusive os corredores BRS. A meta é que o desempenho dos ônibus nas vias expressas melhore em 30%. No BRS da Nossa Senhora de Copacabana, por onde passam, em média, 300 ônibus por hora, a previsão é que o serviço seja feito por 120 veículos, após a reformulação do sistema.

Na primeira fase do projeto, que será iniciado em outubro, será criada a linha integrada 1 (Alvorada-Rio Sul, via Lagoa-Barra) para receber os passageiros das linhas 314, 332, 501 e 502, que serão eliminadas.

A integrada 8 (Recreio-Rio Sul, via Lagoa-Barra) vai atender os usuários da linha 318, a ser extinta.

A integrada 2 (Alvorada-Rio Sul, via Av. Niemeyer) substituirá as linhas 177, 360, 504 e 535, também eliminadas.

A quarta linha a ser criada será a Troncal 1 (General Osório-Central, via Copacabana e Aterro do Flamengo). Ela vai atender aos passageiros das linhas 120, 121, 125, 127, 411, 442, 129, 305, 404, 405, 441, 454, 458, 480, 481 e 505, que serão retiradas de circulação, e também dos usuários das linhas 119, 455, 456, 457, 475, 483, 484, 485 e 486, que serão encurtadas.

Já na segunda fase, que será implementada em dezembro, será implantada a Troncal 3 (Gávea-Central, via Copacabana e Aterro do Flamengo).

Esta quinta linha vai absorver os usuários das linhas 123, 128, 132, 382, 402, 421, 443 e 537, que serão eliminadas. Além dessas, os veículos que farão esse percurso vão atender a população que utiliza as linhas 124, 154, 413, 415, 426, 432, 433, 435, 464, 474, 503 e 539. Essas últimas serão encurtadas.

Um comentário:

  1. Ninguém pensa nas famílias ki vão ficar DESEMPREGADAS..o ki eles iram fazer pra sobreviverem

    ResponderExcluir