quinta-feira, 11 de junho de 2015

Tudo pronto para as obras da TransOceânica

10/06/2015 - O Fluminense

Vinícius Rodrigues

Governador Pezão foi recebido pelo prefeito Rodrigo Neves e entregou as últimas licenças ambientais. Perfuração começa em 20 dias


O governador Luiz Fernando Pezão entregou a licença de instalação da obra para o prefeito Rodrigo Neves - Foto: Lucas Benevides

O governador Luiz Fernando Pezão entregou, nesta quarta-feira (10),  ao prefeito Rodrigo Neves, a licença de instalação da obra da TransOceânica, que, entre outras intervenções de mobilidade, inclui a perfuração de um túnel que ligará a Região Oceânica à Zona Sul da cidade. Segundo o prefeito, a via se chamará Túnel Luís Antônio Pimentel, em homenagem ao historiador que faleceu em maio deste ano. Além disso, o prefeito garantiu que no final do mês começará a perfuração da via, a partir do Cafubá, na Região Oceânica.  

A cerimônia, que aconteceu no Solar do Jambeiro, no Ingá, contou com 300 pessoas entre representantes do Governo do Estado, secretários municipais, deputados, vereadores e moradores de Niterói. O prefeito Rodrigo Neves destacou a importância da parceria com o Estado. 
 
"Hoje é um dia muito importante. Estamos a um passo de começar a obra viária mais importante da cidade depois de 40 anos de espera. Isso só foi possível graças ao excelente trabalho do vice-prefeito Axel Grael, nossos secretários municipais, o Inea, que concedeu a licença, e principalmente ao Governo do Estado, nas pessoas do Pezão e do secretário de Meio Ambiente André Corrêa. A perfuração começa em 20 dias e em um ano teremos o túnel", prometeu Rodrigo, ressaltando que o trabalho de terraplanagem e o canteiro de obras começaram a ser feitos no último mês.
 
O governador Luiz Fernando Pezão ressaltou o comprometimento do prefeito Rodrigo Neves em conseguir os recursos necessários à obra. 

"Rodrigo é um parceiro do Estado. Lembro de quando ele assumiu a prefeitura com dificuldades e hoje, com trabalho, a cidade é outra, próspera e com muitos desafios", disse. 
 
Projeto – A TransOceânica terá 9,3 quilômetros de extensão, vai atender diretamente 11 bairros da Região Oceânica de Niterói e transportará cerca de 80 mil pessoas por dia. A via expressa contará com ônibus no sistema BHLS (Bus of High Level of Service), o primeiro implantado na América do Sul, equipados com ar-condicionado e com portas de ambos os lados. Pelo sistema, os passageiros poderão embarcar nos veículos em seus próprios bairros. Em seguida, os ônibus entrarão na faixa exclusiva do BHLS. O túnel terá 1,3 quilômetro de extensão ligando os bairros de Cafubá e Charitas.

O ônibus fará o percurso do Engenho do Mato até Charitas em 25 minutos passando por 13 estações e pelo túnel, que não terá cobrança de pedágio. O corredor viário também contará com 57 km de ciclovia. No projeto da TransOceânica está prevista, ainda, a integração da via com a estação hidroviária de Charitas, que será transformada em um terminal intermodal. 

O INVESTIMENTO total da obra é de R$ 310.894.585,00, com recursos do governo federal e da Prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário