quinta-feira, 30 de abril de 2015

Novo sistema de monitoramento vai gerenciar ônibus intermunicipais no Rio

30/04/2015 - Agência Brasil

A partir de julho, os 13 mil ônibus intermunicipais que circulam em todo o estado do Rio vão ser acompanhados em tempo real por um sistema de tecnologia avançada. O anúncio foi feito pelo Departamento Estadual de Transportes Rodoviários (Detro). O Sistema de Inteligência e Monitoramento (SIM) já foi testado nas vans que fazem o transporte complementar e custou R$ 3 milhões aos cofres do estado.

O principal objetivo do SIM é verificar se os itinerários e as grades de viagens de veículos estão sendo cumpridos. Além disso, o sistema vai permitir maior repressão aos casos de excesso de velocidade cometidos pelos motoristas visando também evitar acidentes.

Segundo o secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osório, há possibilidade de criação de um centro de controle que vai integrar os trens, barcas e metrô, para ter um controle sobre o que acontece em termos de transporte na região metropolitana do Rio. Ele destacou que uma das vantagens do sistema é o registro do tempo em que os ônibus ficam parados em cada local. A partir dessas informações, fica mais fácil para o Detro apurar as irregularidades e os casos em que os motoristas deixam de parar nos pontos de ônibus.

O monitoramento também permitirá a confirmação de que as exigências feitas nas licitações serão cumpridas e desencadear fiscalizações ou outras ações imediatas nos casos em que as empresas não respeitem as regras de transportes de passageiros.

De acordo como secretário, o sistema é uma nova maneira de gerenciar o transporte de passageiros. "É uma nova era na fiscalização e no sistema de transporte rodoviário do Rio. Nós teremos um sistema que vai tratar as informações, apontar irregularidades e que dará indicadores de qualidade para que o Detro e sua fiscalização possam autuar os operadores de transporte. O objetivo é garantir a melhoria ao passageiro e a qualidade do serviço."

O sistema vai ser implantado de forma gradativa. Na próxima fase, a partir de julho, 2,3 mil ônibus passam a ser monitorados. Até o fim deste ano, o sistema abrangerá mais de 1,1 mil linhas de ônibus intermunicipais que operam no estado do Rio. A tecnologia busca atingir os padrões adequados. Para isso, será criado um aplicativo no celular pelo qual o usuário poderá interagir com o Detro, enviando reclamações que serão verificadas pelo sistema. Se a irregularidade for constatada, a empresa será autuada.

Osório disse que os usuários só vão notar os benefícios do novo sistema ao longo do tempo, pois os ônibus se tornarão mais regulares, terão o itinerário mantido. Com isso, disse o secretário, as reclamações vão diminuir.
Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário