terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Rio pode não chegar a 100% de ônibus com ar-condicionado, admite Paes

Apesar disso, a Secretaria Municipal de Transportes divulgou na segunda-feira que um total de 2.233 novos ônibus com ar-condicionado serão incorporados ao sistema

POR LUIZ ERNESTO MAGALHÃES

06/01/2015 - O Globo

RIO - O prefeito Eduardo Paes admitiu, nesta terça-feira, que o Rio pode não conseguir chegar a ter 100% de sua frota com ar-condicionado até o fim de 2016, como vem sendo prometido pelo município. Segundo ele, se cumprir de 80% a 90% já será um bom resultado.

— A frota completa é uma meta. Em 2012, apenas 5% da frota tinha ar e cobrava-se mais caro pelos veículos com ar-condicionado em relação aos veículos sem ar. Houve avanços — disse Paes.

Apesar da afirmação do prefeito, a Secretaria Municipal de Transportes divulgou na noite desta segunda-feira que um total de 2.233 novos ônibus com ar-condicionado serão incorporados ao sistema. O incremento representa um aumento de 127% em relação ao total, passando dos atuais 1.760 para 3.993 coletivos com ar refrigerado circulando pela cidade até o fim de 2015.

A intenção da medida seria atingir a meta estipulada no decreto 38.279/2014, e a determinação era de que 100% das viagens de ônibus seriam feitas em veículos com ar-condicionado até o fim de 2016. Desde o ano passado, um decreto obriga que todos os novos veículos adquiridos pelas empresas de ônibus para substituir aqueles que chegaram ao limite de sua vida útil (oito anos) tenham ar condicionado, sem custo adicional ao passageiro.

Na segunda-feira, a assessoria de imprensa da prefeitura informou o número real de coletivos regulares, com a tarifa de R$ 3,40, que circulam com ar-condicionado na cidade: são 1.760 de um total de 8.266, o correspondente a 20,6% da frota. O número é menor do que os 28% que vinham sendo divulgados pelo Rio Ônibus, sindicato que representa as empresas. Conforme mostrou O GLOBO nesta segunda-feira, no cálculo vinham sendo incluídos veículos especiais, os chamados frescões, que têm tarifas que vão de R$ 8 a R$ 13,50.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/rio-pode-nao-chegar-100-de-onibus-com-ar-condicionado-admite-paes-14978051#ixzz3O4Z8g4FN 
© 1996 - 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário