quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Cidade Universitária terá faixa de ônibus em fevereiro

08/01/2015 - O Estado de SP

SÃO PAULO - A faixa exclusiva para ônibus da Cidade Universitária, no Butantã, zona oeste da capital, deve ficar pronta no dia 20 de fevereiro. Nesta semana, a prefeitura do câmpus da Universidade de São Paulo (USP) já começou a colocar cartazes que indicam a proibição de estacionamento na via onde será feita a obra.

A primeira faixa restrita aos coletivos da USP, que terá 1,5 quilômetro, será instalada na Avenida da Universidade, desde a Portaria 1 do câmpus, e em parte da Avenida Lineu Prestes, até a Casa da Cultura Japonesa. A via exclusiva vai até o cruzamento da Rua Alvarenga com a Avenida Afrânio Peixoto. Também será construída ciclofaixa no local. O custo das obras é de cerca de R$ 172 mil.

Nos dias úteis, essa área fica congestionada no início da noite. A ausência de restrições à entrada de carros na universidade aumenta o fluxo. A obra será feita nas férias, antes que a USP retome a circulação normal de veículos do ano letivo, que começa em 23 de fevereiro.

Segundo a prefeitura do câmpus, a Secretaria Municipal de Transportes deu consultoria técnica ao projeto. Como tem trânsito mais crítico, a Avenida da Universidade foi priorizada. Estudos futuros, diz a prefeitura, indicarão se há a necessidade de novas faixas.

Bikes. Até junho, a USP deve concluir seu plano cicloviário para a Cidade Universitária. A ideia, afirma a prefeitura, é ter 8 quilômetros de ciclovias. Também é estudado um sistema de empréstimo de bicicletas, com 25 estações e 250 bikes à disposição de alunos, docentes e funcionários. Não há prazo para construção dessas estruturas.

A USP ainda informou que não há acordo para que agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) atuem na Cidade Universitária, ideia que voltou a ser discutida em 2014. Hoje, a CET ajuda com planejamentos e supervisões técnicas para o sistema viário da US

Nenhum comentário:

Postar um comentário