segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

BRT Transolímpica surge para unir o Recreio a Deodoro

18/01/2015 - Extra - RJ

Os Jogos Olímpicos começarão no dia 5 de agosto de 2016. A ideia é que, antes disso, uma extensa via de 26 km já esteja pronta para unir o Recreio dos Bandeirantes a Deodoro. Os dois bairros concentram grande parte dos locais de competição, além da vila onde os atletas ficarão hospedados. A BRT Transolímpica terá ainda dois túneis com três pistas — uma exclusiva para o BRT, daí o nome — em dois sentidos. Com 1,5 km de extensão, começará na Taquara, em Jacarepaguá, e terminará em Sulacap, próximo ao cemitério. Com isso, a Secretaria Municipal de Obras estima que o tempo de viagem será reduzido em 70% ou 80%. De duas horas e meia, o trajeto poderá ser feito em 30 minutos.

Até o momento, dos 87 mil metros cúbicos de concreto previstos na construção, já foram utilizados cerca de 33 mil metros cúbicos. A quantidade serviria para a construção de 19 piscinas olímpicas. Para as escavações dos túneis, foram usados até agora 120 mil quilos de explosivo, o equivalente a entre 25% e 30% da obra.

As duas galerias estarão conectadas por cinco passagens, que poderão ser usadas em caso de emergência. Cada uma terá duas portas corta-fogo de seis metros de altura em cada uma das extremidades. Os túneis terão ainda painéis de detecção de incêndio, de fumaça, e painéis anti-pânico. E, por causa do BRT, haverá também um passeio de evacuação a 95 cm do solo, que é distância entre a porta do veículo e o chão. A ideia é que o usuário possa sair do transporte na mesma altura.

A implantação da Transolímpica está orçada em R$ 1,6 bilhão, dos quais R$ 1,1 bilhão serão invetidos pela Prefeitura. O restante ficará a cargo da concessionária Via Rio. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras, para a implantação da Transolímpica estão previstas 257 desapropriações ao longo de todo o traçado, que contará com um total 31 viadutos e pontes. A Prefeitura estima que via receberá cerca de 90 mil veículos por dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário