terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Obras de BRT Transbrasil provocam mudanças no trânsito em vias no entorno da Maré e da Penha

22/12/2014 - O Globo

Uma das principais mudanças é a interdição parcial da Avenida Brigadeiro Trompowski, sentido Ilha

POR FERNANDA DA ESCÓSSIA

RIO — O trânsito nas áreas da Maré e Penha sofreu modificações nesta segunda-feira por causa das obras de construção e drenagem do corredor expresso BRT Transbrasil, na Avenida Brasil. A portaria 2.803, publicada no Diário Oficial do Município, autoriza a interdição parcial, por dois meses, de ruas na região.

Uma das principais mudanças é a interdição parcial da Avenida Brigadeiro Trompowski, sentido Ilha do Governador, na faixa da esquerda, no trecho entre a Avenida Brasil e a estação Maré BRT-Transcarioca. O estacionamento de veículos nessa avenida será proibido.

Também será interditado um trecho da Avenida Brasil, no sentido Centro, no trecho entre a Estrada do Porto Velho (agulha de acesso à Pista central) e o número 12.025. Na pista lateral será interditada a faixa de rolamento à esquerda, junto à divisória da pista; na pista central, será interditado um metro e meio da faixa de rolamento da direita, junto à divisória da pista.

Outra mudança é proibir o acesso à Avenida Schultz Wenk de veículos procedentes da avenida Brasil e vice-versa, ou seja, também fica proibido o acesso à B rasil de carros que vêm pela Schultz Wenk rumo à Brasil. O tráfego dessa avenida com destino à Brasil será desviado por ruas próximas.

Por fim, o ponto de ônibus que fica na Avenida Brigadeiro Trompowski, em frente ao Parque União, será realocado em frente ao número 60. As mudanças entraram em vigor ontem, data de publicação da portaria, e valem até 20 de fevereiro de 2015. Quem descumprir as regras fica sujeito a multas que vão de R$ 53,20 a R$ 319,20, informa a portaria da Coordenadoria de Regulamentação e Infrações Viárias.

De acordo com o projeto do PAC de Mobilidade Urbana, o primeiro lote do BRT Transbrasil terá 23 quilômetros de extensão, 16 estações e 17 passarelas. Com o segundo trecho, o corredor terá 30 quilômetros de extensão. A previsão é de que a obra seja entregue até maio de 2017. O investimento total é de R$ 1,4 bilhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário