segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Motoristas enfrentam primeiro dia útil do BRS da Rua São Clemente

Desembarque de alunos dos colégios da via deverá ser feito nas ruas transversais

POR MAÍSA CAPOBIANGO

11/08/2014 - O Globo


Pontos de ônibus da Rua São Clemente estão sinalizados com o número do BRS correspondente - Agência O Globo / Maísa Capobiango

RIO - Se passar pela Rua São Clemente, em Botafogo, durante a semana, já costumava ser complicado, os motoristas devem se preparar para enfrentar o trânsito um pouco pior nesta segunda-feira. É que será o primeiro dia útil depois da implantação do sistema BRS na via e, a partir de agora, o desembarque de alunos em colégios da região — são pelo menos três — só poderá acontecer nas ruas transversais, como Dona Mariana, da Matriz, Conde de Irajá e Martins Ferreira.

Mesmo com a movimentação tranquila, as dúvidas dos usuários continuaram a surgir neste domingo, segundo dia de funcionamento do BRS da São Clemente.

— Fui para o ponto de costume tentar pegar o 170 e lá descobri que teria que andar mais duas quadras. Durante a semana, quando tivermos que pegar o ônibus com pressa para ir para o trabalho, essas mudanças certamente vão causar um transtorno maior — diz a assistente de gerente Andrea da Silva Peçanha.

A manicure Marcela Alves também teve dificuldade ao embarcar. Em busca de um BRS 3, ela conseguiu se localizar só após consultar o mapa fixado na parte de trás do vidro do ponto de ônibus.

— Até nos acostumarmos com essas mudanças, vai levar um tempo. O jeito vai ser sair mais cedo de casa.

Usuários devem ficar atentos quanto ao BRS 1, que inclui linhas BRS 1A (136,154 e 155); e BRS 1B (143, 157, 161, 170, 172, 173, 178 e 2014). No folheto informativo distribuído pelos agentes não é feita a divisão entre A e B. As paradas das outras linhas são facilmente identificáveis no folheto.

IRREGULARIDADES SERÃO MULTADAS

De acordo com a Secretaria municipal de Transportes, a faixa da direita da São Clemente passa a ser exclusiva para coletivos de segunda a sexta-feira, das 6h às 21h, e aos sábados, das 6h às 14h. Os carros sem permissão para circular na faixa serão multados. Táxis com passageiros poderão trafegar na faixa exclusiva, mas sem realizar embarque e desembarque. Estacionar no lado esquerdo da rua só será possível em horários estabelecidos. E somente os veículos regulamentados para transporte escolar, além dos carros de pessoas com necessidades especiais, poderão embarcar e desembarcar passageiros. O novo corredor vai ordenar 33 linhas municipais e sete intermunicipais, além de 20 linhas que circulam pela Praia de Botafogo. O limite de velocidade é de 40 Km/h.

TRECHO DA AVENIDA BRASIL ESTÁ INTERDITADO

Esta segunda-feira também é o primeiro dia útil de interdições em algumas vias de São Cristóvão, na Zona Norte. Desde o último sábado, a Rua Ricardo Machado, entre as ruas General Almério de Moura e Francisco Palheta, passou a ficar interditada ao tráfego de veículos.

A via ficará fechada por um período de 90 dias para dar continuidade as obras de construção da adutora que ligará o Reservatório do Pedregulho, em São Cristóvão, ao Reservatório do Morro do Pinto, na Região Portuária. Por conta disso, parte da pista lateral da Avenida Brasil entre as ruas Santos Lima e a Rua São Cristóvão também está interditada, o que dificulta ainda mais o trânsito neste início de manhã. Veículos que seguem no sentido Centro pela Rua Monsenhor Manoel Gomes devem continuar o trajeto pela Rua Benedito Ottoni e Rua São Cristóvão.

— Hoje é o verdadeiro teste. O trânsito está um pouco pior por ser o primeiro dia útil com a interdição e os motoristas ainda estão se acostumando com a mudança — explicou Joaquim Diniz, diretor operacional da CET-Rio, em entrevista ao Bom Dia Rio, pedindo que a população dê prioridade ao transporte público, e que moradores de Niterói e São Gonçalo utilizem as barcas.

Read more: http://oglobo.globo.com/rio/motoristas-enfrentam-primeiro-dia-util-do-brs-da-rua-sao-clemente-13554433#ixzz3A560OUcW

Nenhum comentário:

Postar um comentário