sábado, 5 de abril de 2014

Expansão da Via Light deve desafogar tráfego na Dutra


Projeto, orçado em R$ 465 milhões, inclui corredor expresso para ônibus e ciclovias

NATASHA MAZZACARO 

5/04/14 - O Globo

 Placa já anuncia o início das obras de ampliação da Via Light Foto: Divulgação/Eny Miranda
Placa já anuncia o início das obras de ampliação da Via Light Divulgação/Eny Miranda

RIO - O início das obras de ampliação da Via Light — que liga o Centro de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, à Avenida Brasil, na altura do bairro de Guadalupe, na Zona Norte do Rio — foi anunciado neste sábado, pelo governador Luiz Fernando Pezão. A expansão da RJ-081, como foi oficialmente batizada, terá quatro quilômetros. A expectativa é que, depois de pronto, o trecho receba cerca de 22 mil veículos por dia, o que, consequentemente, diminuirá o fluxo de carros na Rodovia Presidente Dutra.

Durante o anúncio das intervenções, Pezão ressaltou que o projeto terá corredores expressos de ônibus, para melhorar a mobilidade e a qualidade de vida dos trabalhadores. A ampliação, que será executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem, da Secretaria estadual de Obras, deve ser entregue no primeiro semestre de 2016.

— Vamos estudar também a implantação de ciclovias nos fins de semana, para aproveitar esta integração. Tirar este projeto do papel foi muito difícil, porque não é de simples execução. Vamos abrir dois túneis modernos e construir 12 viadutos — explica.

Embora tenha sido projetada para receber 50 mil carros diariamente, circulam hoje pela Via Light apenas 13 mil veículos. Com o projeto de ampliação, espera-se que a rodovia deixe de ser subutilizada. A ampliação, que está orçada em R$ 465 milhões, prevê também uma faixa exclusiva para a passagem de BRT, além dos 12 viadutos localizados em pontos estratégicos de bairros que cortam a RJ-081.
Firjan sugere mais amplianções

Dois estudos realizados pela Firjan apontam que a ampliação deste trecho e a execução de uma segunda obra (que ligaria a Avenida Brasil a Madureira), fariam com que 37 mil veículos deixassem de passar pela Dutra diariamente. A Federação propõe ainda mais duas extensões da Via Light: a primeira, na altura de Nova Iguaçu, ligaria a rodovia à Dutra, e a segunda uniria a RJ-081 à Linha Vermelha, na altura da Pavuna. O objetivo seria aumentar a capacidade da via para 75 mil veículos por dia e absorver 40% do volume diário da Dutra.


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/expansao-da-via-light-deve-desafogar-trafego-na-dutra-12106159#ixzz2y3zlyniz 
© 1996 - 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário