terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Atraso em obra faz BRT perder status de projeto olímpico




07/01/2014 – O Globo

RIO - Anunciado para os Jogos Olímpicos de 2016, o BRT Transbrasil, que ligará Deodoro ao Centro, agora não tem mais data para ser concluído. A prefeitura decidiu rever o traçado do projeto na chegada ao Centro: o terminal que seria construído no Parque do Flamengo, num terreno ao lado do Aeroporto Santos Dumont e do MAM, por exemplo, foi eliminado. Na Secretaria municipal de Transportes, ainda se discute a melhor localização das demais estações na região. Embora teoricamente ainda seja possível ao menos concluir boa parte do trecho Deodoro-Caju, o projeto já foi retirado até, no site Cidade Olímpica (da prefeitura), da lista de legado dos Jogos em mobilidade urbana. Na versão atual, são citados o VLT do Centro e os BRTs Transcarioca (Barra-Galeão), Transoeste (Barra-Campo Grande/Santa Cruz) e Transolímpico (Barra-Deodoro).

A prefeitura argumenta que inicialmente o projeto não fazia parte do caderno de encargos das Olimpíadas. Pelo plano original, a implantação do corredor deveria ocorrer entre 2013 e 2015, ao custo de R$ 1,3 bilhão, segundo editais de licitação divulgados em meados de 2013. Mas as obras sequer começaram no eixo da Avenida Brasil, cujo projeto está pronto. O custo das obras também subiu: apenas o trecho entre Deodoro e Caju está estimado em R$ 1,5 bilhão, segundo a versão atual do edital de licitação. Em 21 de janeiro, data da entrega das propostas, faltarão 924 dias para as Olimpíadas. Mesmo se não houver imprevistos, as obras começariam 30 a 60 dias depois. E o edital prevê que a empresa terá 900 dias para concluir o projeto.

Ao longo da revisão, ficou definido que o Santos Dumont seria atendido apenas pelo VLT. O secretário de Patrimônio Cultural, Washington Fajardo, explicou que a decisão de rever o projeto teve o objetivo de conciliar propostas de mobilidade com o patrimônio histórico. A revisão ainda na planta, explicou, eliminou o risco de a obra ser paralisada por questionamentos futuros:

— Numa reunião informal, o traçado do Centro foi apresentado ao Iphan e ao Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB). Surgiram dúvidas em relação à construção de uma estação no Parque do Flamengo, que é tombado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário