segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Trecho do Transbrasil vai custar o estimado para todo o projeto

30/12/2013 -  O Dia - RJ

Rio - O primeiro trecho das obras do BRT Transbrasil — o chamado lote 2, entre os bairros do Caju e Deodoro — vai custar R$ 1,5 bilhão, valor inicialmente estimado para todo o trajeto, que vai de Deodoro ao Centro. O secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto, admitiu ontem o encarecimento das intervenções, alegando que houve correção monetária desde 2011, quando foi divulgado o custo, além de mudanças no projeto. O corredor passará ao longo da Avenida Brasil e a licitação para esta etapa está prevista para 21 de janeiro. A previsão é de conclusão das obras em 30 meses.

 "A primeira licitação é do lote 2, de Deodoro ao Caju, com preço atual de R$1,5 bilhão. Nós tínhamos previsão inicial, em 2011, quando assinamos contrato com a Caixa Econômica Federal (financiadora de parte do empreendimento), de valor menor, mas era uma estimativa. Com os projetos prontos e lançando as licitações, nós vamos corrigindo os problemas e tendo os valores corretos", justifica o secretário.

Especialista em Transportes, o professor da Uerj, Alexandre Rojas, rebate. "Essa mudança de orçamento não encontra respaldo lógico. Não houve aumento de custo significativo de 2011 para agora, nem no projeto, que justifique quase dobrar o valor. As desapropriações ao longo da via, que são necessárias para construção do BRT, são o que aumentam o custo, mas isso já é visto no projeto inicial", disse Rojas. Ele avalia que a solução para transporte no local seria o VLT — veículo leve sobre trilhos. "O BRT é a solução mais rápida e barata, mas não a melhor".

O secretário afirmou também que não há estimativa para os custos do outro trecho da obra, que vai do Caju ao Centro. Nesta etapa, o Transbrasil vai passar pelas avenidas Presidente Vargas e Francisco Bicalho.

BRT é o último a ser licitado

Com 32 quilômetros, o Transbrasil é o quarto BRT a ser implantado na cidade e o único cujas obras ainda não foram licitadas. Os outros corredores são o Transoeste, em operação desde junho de 2012, Transcarioca, a ser inaugurado no primeiro semestre de 2014, e Transolímpica, que deve entrar em operação até 2016.

A Prefeitura do Rio afirma que o Transbrasil será o BRT de maior capacidade de transporte do mundo, podendo levar até 820 mil passageiros por dia. Serão 881 ônibus articulados que vão circular em duas faixas, por sentido, ao longo da Avenida Brasil. O corredor será integrado com o BRT Transolímpico, em Deodoro, e com o Transcarioca, na altura da Ilha do Governador, e deve reduzir o tempo de viagem ao Centro em 40%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário