quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Prefeitura do Rio licita BRT Transbrasil

13/05/2013 - Agência Rio

A Prefeitura do Rio realiza nesta segunda-feira (13) a licitação do BRT Transbrasil, que vai ligar as zonas Oeste, Norte e o Centro da cidade. A licitação será dividida em dois lotes: o primeiro entre o aeroporto Santos Dumont e a ligação do BRT Transcarioca na Ilha do Governador e o segundo a partir deste ponto até Deodoro.

A estimativa de preço é de R$ 785,5 milhões e R$ 685,6 milhões, respectivamente. O corredor expresso de ônibus articulados ao longo da Avenida Brasil vai de Deodoro até o Aeroporto Santos Dumont, passando também pelas avenidas Presidente Vargas e Francisco Bicalho.

A implantação do sistema será iniciada neste ano e será concluída em 30 meses. O corredor terá 32 quilômetros, com quatro terminais, 28 estações e 16 passarelas. A expectativa é de que sejam atendidos 900 mil passageiros por dia, sendo o BRT que provavelmente terá maior demanda entre todos já projetados e implantados no mundo. Orçado em R$ 1,5 bilhão, o projeto terá R$ 1,097 bilhão financiado pelo Governo Federal, por meio do PAC da Mobilidade Urbana.

A Transbrasil será atendida por dois terminais intermediários (Margaridas e Missões), conectando o sistema a corredores de elevadíssima demanda, como as rodovias federais BR-116 (Rio - São Paulo) e BR-040 (Rio - Juiz de Fora). O sistema terá conexões com a Transcarioca (Barra da Tijuca/ Aeroporto Internacional) e Transolímpica (Barra/ Deodoro), corredores expressos em fase de execução. O usuário também poderá fazer integração com o metrô e o trem.

O acesso às estações em grande parte do corredor será por meio de passarelas. Entre o Terminal Margaridas e Candelária, o trecho de maior demanda de passageiros, o corredor será operado em duas faixas por sentido por uma frota de 881 veículos, entre ônibus articulados e biarticulados. Em seu traçado estão previstas obras de melhorias na pavimentação e na urbanização das vias; alargamento de um trecho da Av. Brasil e ordenamento viário no entorno (tráfego geral). A Secretaria Municipal de Obras também vai providenciar a reestruturação da rede de drenagem ao longo da via, com a implantação de nove projetos para correção de pontos de alagamento.

Fazem parte do projeto mais de 30 mil metros quadrados de pontes e viadutos, o alargamento das pistas laterais da Av. Brasil entre de Irajá e Guadalupe e a construção de um mergulhão de acesso ao Aeroporto Santos Dumont, preservando o patrimônio paisagístico do Aterro do Flamengo.

Com a Transcarioca, Transoeste e Transolímpica, a Transbrasil vem fechar o anel viário de 155 quilômetros de alta performance na cidade, que ficará totalmente interligada. O sistema proporciona uma mobilidade mais inteligente e sustentável para a população carioca. Os projetos são fundamentais na preparação da cidade para a Copa de 2014 e para as Olimpíadas de 2016 e um importante legado para o Rio.

MS

Nenhum comentário:

Postar um comentário