sexta-feira, 24 de maio de 2013

Proibição de vans em mais seis bairros do Rio começa neste sábado

24/05/2013 - G1 RJ

A partir deste sábado (25) as vans estarão proibidas de circular em outros seis bairros da Zona Sul do Rio: Laranjeiras, Cosme Velho, Glória, Catete, Flamengo e Largo do Machado, como informou o Bom Dia Rio.

Segundo o secretário Municipal de Transportes Carlos Roberto Osório, a proibição também vai valer para a Linha Amarela, para a Estrada Grajaú-Jacarepaguá, Alto da Boa Vista, Estrada das Furnas, Serra da Grota Funda, Túnel da Grota Funda e Túnel da Covanca.

Durante a entrevista, Carlos Roberto Osório informou que a Prefeitura tem uma Coordenadoria de Transporte Complementar, comandada pelo delegado Cláudio Ferraz, que tem a responsabilidade de fiscalizar o sistema de vans na cidade.  "É feito um planejamento, avaliando os impactos e compete a Secretaria Municipal de Transportes definir e planejar as alternativas para que os passageiros possam continuar sendo atendidos nos deslocamentos”, explico.

Segundo ele, o prefeito Eduardo Paes determinou que a Secretaria de Transportes faça um grande planejamento para dar alternativas para os passageiros sempre que haja a proibição das vans. "O planejamento foi feito, no caso da Zona Sul nós já temos uma situação estabilizada, mas vamos fazer um reforço principalmente nas linhas que circulam no entorno Largo do Machado, que é um local que ainda é atendida pelo serviço de vans. A proibição de circulação de vans que aconteceu há cerca de um mês na Zona Sul já foi absorvida pelo sistema de ônibus, a população está bem atendida e com impacto muito positivo no trânsito”, contou Osório.

O secretário disse que não espera grandes impactos no avanço da proibição para os outros seis bairros da Zona Sul. ”A definição de iniciar o processo no fim de semana ajuda, sábado e domingo será um período para adaptação, e segunda-feira a estrutura vai estar calibrada”. Segundo ele, os corredores maiores requerem mais atenção da Prefeitura, principalmente na ligação Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Recreio com o Centro da cidade.

A prefeitura determinou que os operadores do sistema de ônibus começassem a informar os passageiros a partir desta sexta-feira (24) sobre as mudanças. "Essa primeira semana é de adaptação e na primeira semana você precisa fazer ajustes. O sistema de vans na cidade trabalha muito na informalidade, os dados de operação do sistema são estimados e por isso pode ser que sejam necessárias adaptações. A nossa orientação e a do prefeito é de esforço total das empresas e frota adequada ao tipo de passageiro”, informou Osório

O aumento do número de ônibus nas ruas não vai causar impacto no trânsito, comentou Carlos Osório. Segundo ele, um ônibus transporta o que três ou quatro vans transportam e o sistema de coletivos funciona de maneira mais ordenada, com paradas nos pontos, corredores BRS e uma sistemática de itinerário mais planejado. ”A redução no trânsito será entre 10% e 15% em todos os corredores”.

O secretário ressaltou ainda que as vans continuarão no Rio e que elas têm um papel importante de ligação complementar. "A prefeitura está realizando uma licitação para que a gente possa organizar este tipo de transporte. Cada um vai cumprir o seu papel; em longas distâncias, transporte de alta capacidade, como o BRT, o trem e o metrô, a média distância, o sistema de ônibus, e o transporte local pela van, garantindo o conforto e a segurança”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário