domingo, 3 de fevereiro de 2013

No Rio, Bilhete Único Intermunicipal completa 03 anos

01/02/2013 - Diário Oficial do Estado RJ

A diarista Patrícia Fonseca, de 33 anos, agora faz mais faxinas. A auxiliar de serviços gerais Glauceli de Medeiros, 43, aproveita melhor as opções de lazer do Rio com a família. Moradoras da Baixada, elas são exemplos de como o Bilhete Único (BU) Intermunicipal trouxe benefícios aos mais de 2,24 milhões de usuários cadastrados nas 20 cidades da Região Metropolitana.

Criado em 1° fevereiro de 2010, o sistema completa hoje três anos com números de gente grande: uma média de 869 mil viagens diárias, 314 mil pessoas favorecidas por dia e cerca de R$ 28 milhões de subsídios mensais do Governo do Estado.

Pegar um ônibus de R$ 6,30 e outro de R$ 2,75, desembolsando apenas R$ 4,95, mudou a vida de Patrícia. Com o subsídio no transporte, ela conseguiu ampliar as diárias em residências das zonas Norte e Oeste do Rio e não tem mais que pagar as passagens do próprio bolso.

– Consegui mais trabalho graças ao Bilhete Único. Como é mais barato, as patroas dão o dinheiro do ônibus por fora. Com R$ 10, venho para o Rio e volto para Piabetá – disse Patrícia.

Para Glauceli, moradora de Duque de Caxias, o BU permitiu também economia com os estudos da filha, que faz faculdade em Niterói.

– Ela estuda na UFF (Universidade Federal Fluminense), além de ir a museus e teatros no Rio. Nem sei de quanto seria o
gasto se não tivéssemos o cartão – afirmou Glauceli. Nesses três anos, pesquisas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e da Fundação Getúlio Vargas (FGV) constataram que o BU proporcionou aumento na empregabilidade, maior atratividade do transporte público e redução do estímulo à favelização em áreas centrais da cidades.

Reconhecimento internacional

Não são apenas os fluminenses que elogiam o Bilhete Único. O sistema já virou referência internacional. Em 2011, foi eleito pela Associação Internacional de Transportes Públicos (UITT) como o melhor programa de transporte da América Latina, na categoria Introdução a Políticas de Transportes. Além disso, foi apresentado em diversos encontros, como no "Truck and Bus World Forum", em Lion, e na "Missão Ferroviária Britânica", em Londres.

A última exibição foi feita pelo secretário de Transportes, Julio Lopes, na sede do Banco Mundial (Bird), nos Estados Unidos, nos dias 17 e 18 de janeiro deste ano. Especialistas e autoridades de diversos países que buscam soluções sustentáveis para os problemas de mobilidade nos centros urbanos não só se interessaram, como virão ao Rio estudar a tecnologia.

Fonte: Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário