sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Lagoa

Postado por SAUDADES DO RIO em 16/11/2012 07:36

VISTA DA JANELA
A foto de hoje, um repeteco, mostra a visão da praça que existia em frente ao Corte do Cantagalo.

Vê-se a pista da Av. Epitácio Pessoa, ainda não duplicada, em frente à curva da Rua Gastão Bahiana, com um ônibus e um lotação das raras linhas que serviam à Lagoa.

Ao fundo, junto ao Corte do Cantagalo, a Praça Corumbá, ainda com poucas casas (uma delas do Senador Filinto Muller) e muita mata.

No cruzamento, complicado, do Corte, ficava o posto de gasolina Ipiranga.

Nesta época, de pouco movimento de veículos na Lagoa, já que não existia o Túnel Rebouças e, também, não estava terminada toda a avenida que contornaria a Lagoa (entre o Flamengo e o Piraquê) neste trecho só passavam três linhas de ônibus: uma era a Rocinha-Mourisco, via Corte; outra a Ipanema-Estrada de Ferro, também via Corte; e a Jacaré-Ipanema, que fazia ponto final na Praça Corumbá, mas não cruzava o Corte (ía e voltava por Ipanema).

Quanto aos lotações, somente duas linhas: a Largo do Machado-Ipanema, circular, e a Estrada de Ferro-Ipanema.

A linha Lins-Lagoa, ideal para se ir ao Maracanã, não passava por aqui - fazia ponto final junto da garagem de barcos do Botafogo, pouco antes da Curva do Calombo.

Posteriormente, o lotação Largo do Machado-Ipanema foi substituído pelo ônibus elétrico do mesmo nome, já abordado em http://fotolog.terra.com.br/luizd:55

A bela e grande praça em frente ao Corte do Cantagalo seria destruída para construção do Viaduto Augusto Frederico Schmidt.

Junto da margem da lagoa, todo carnaval, era construído um palco para bailes infantis.

Também ali eram realizados espetáculos de fogos de artifício, geralmente patrocinados por Abrahão Medina, dono do "Rei da Voz".

Ao fundo, a pedreira (duas vezes por dia soava uma sirene e o trânsito era interrompido por cerca de 10 minutos para as explosões de dinamite).

Nenhum comentário:

Postar um comentário