segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Transoeste vai mudar 26 linhas

02/06/2012

BRT irá desativar cinco linhas de ônibus e reduzir percurso de outras 21. Sistema será implementado em quatro fases. Ônibus terão 140 lugares

Com o novo corredor expresso de ônibus BRT Transoeste, 26 linhas municipais sofrerão alterações.

Cinco deixarão de existir e 21 terão seus circuitos reduzidos. O objetivo é formar percursos que liguem diferentes trajetos às novas estações do sistema.

O BRT, que vai ligar a Barra da Tijuca a Santa Cruz e Campo Grande, começará a funcionar de forma gradua.Para que a população possa se acostumar com as
mudanças, estão sendo distribuídos folhetos com as novas regras e linhas. Além disso, antigos itinerários podem continuar operando por algumas semanas
após o início do sistema.

A primeira linha que deixará de circular logo na primeira fase será a 882 (Santa Cruz-Barra). Já a atual 460S, que hoje sai de Itaguaí e vai até a Barra, terá seu itinerário reduzido,parando em Curral Falso,em Santa Cruz.

Ao todo, serão quatro fases até o sistema chegar a Campo Grande.O BRT contará com um ônibus próprio com capacidade para 140 passageiros, quatro portas do lado esquerdo e sem roleta.Os motoristas terão microfones para comunicação a um centro de controle, em caso de emergência, e uma tela com a imagem de uma
câmera na traseira para auxiliar a dar ré.

Nesta semana, fiscalização da prefeitura coibiu veículos pesados na pista central da avenida das Américas. A proibição valerá para o Túnel da Grota Funda.

Além da 882 (Santa CruzBarra), as linhas 876 (Vila Kennedy-Alvorada), 877 (Campo Grande-Alvorada),897 (Pingo D'Água-Alvorada) e SP870 (Praia do Cardo-Bangu) também serão extintas.

Já as linhas que terão seus percursos reduzidos são: 857, 858, SV858, 870,SV870, 871, 872, 873, 883,878, 891, 896, 387, 853,SV853, 854, SV854, 882,
460S, 855 e 879. Com o sistema de BRT Transoeste, pretende-se reduzir o tempo de deslocamento de 120min para 60min entre a Barra da Tijuca e Santa Cruz.

60 de tempo do deslocamento da Barra da Tijuca até Santa Cruz e Campo Grande, com a implantação do BRT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário