domingo, 30 de setembro de 2012

Niterói entra na disputa pelo PAC da Mobilidade

19/07/2012 - O Fluminense, Aline Balbino

Prefeitura apresentará o Projeto Lerner para disputar R$ 7 bi que o Governo Federal destinará a 75 cidades brasileiras com grande índice habitacional. Resultados saem no fim deste ano

Niterói é um dos seis municípios fluminenses habilitados a serem contemplados com parte dos R$ 7 bilhões que o Governo Federal destinará a programas de mobilidade urbana. No total, 75 municípios com população entre 250 mil e 700 mil habitantes poderão disputar as verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Médias Cidades, lançado na quinta-feira em Brasília. Para isso, terão de apresentar projetos a partir do próximo dia 23 até 31 de agosto.

Niterói já definiu que apresentará o Projeto Lerner, que prevê melhorias no sistema de trânsito e transporte público na cidade.

O Ministério das Cidades esclareceu que não há como definir quanto caberá a cada município, já que a divisão dos recursos dependerá do tipo de projeto apresentado e que passará por análise entre 3 de setembro a 1º de outubro.

A divulgação dos resultados está programada para 14 de dezembro. Antes, haverá reuniões presenciais entre 8 de outubro e 30 de novembro, quando cada município defenderá a sua proposta.

O Projeto Lerner foi elaborado pela equipe do escritório do arquiteto Jaime Lerner e na época do lançamento, em 2009, foi orçado em R$ 205 milhões. Ele é constituído pelos corredores de transporte para ônibus no sistema tronco alimentado. A proposta prevê cinco terminais situados em diferentes pontos do município, construção do mergulhão, a ligação entre o Centro e o Largo da Batalha e a construção do terminal multimodal, segundo a NitTrans. Algumas obras, como a do mergulhão, já estão sendo feitas com verbas da Prefeitura.

Novos terminais para reforçar projeto- Segundo a NitTrans, em outras etapas definidas pelo Plano de Transporte de Niterói, serão construídos os terminais de integração de Piratininga e Charitas. Outro terminal de integração está previsto na área da Saibreira, no Caramujo, para operar na ligação com o Centro, através do Corredor Viário da Alameda São Boaventura.

Planos – O projeto consiste na ligação de nove quilômetros entre o Centro e o Largo da Batalha, que já está sendo feito. No local está sendo preparado o terreno para construção de um dos terminais previstos. A construção do mergulhão na Avenida Marquês de Paraná também já está em fase final. A obra tem o objetivo de desafogar o trânsito naquela área.


Marcelo Almirante
69 - 9985 7275

Nenhum comentário:

Postar um comentário