sábado, 7 de julho de 2012

No Rio, BRS da Presidente Vargas deve reduzir em 30% tempo de circulação de ônibus

06/07/2012 - O Dia Online

Começou na manhã desta terça-feira (3) a implantação do BRS na Avenida Presidente Vargas, principal corredor viário de acesso à região central. Inicialmente, as faixas preferenciais funcionarão somente em toda a extensão das pistas central, no trecho entre a descida do Trevo das Forças Armadas e a Candelária. A Prefeitura estima que a redução da frota em torno de 15%, aumentará a velocidade dos ônibus. São 17 pontos destinados às linhas de ônibus por sentido ao longo da Presidente Vargas.

De acordo com o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, o novo BRS apresenta pouca diferenças em relação aos já implementados e deve reduzir em 30% o tempo de circulação.

"O horário de funcionamento, por exemplo, é o mesmo (6h às 21h). Mas, ao contrário dos outros corredores exclusivos, o BRS da Avenida Presidente Vargas não funcionará aos sábados, além dos domingos e feriados como de costume. A regra para os táxis também é um pouco diferente. Os motoristas continuam impossibilitados de parar na pista central da Avenida Presidente Vargas, mas poderão utilizar a pista lateral para efetuar o desembarque de passageiros. Com o novo corredor, esperamos reduzir em 30% o tempo de circulação dos ônibus. Nesta primeira semana, não multaremos os motoristas que descumprirem as regras, já que estamos em fase de adaptação", disse.

Ainda segundo Sansão, há previsão para o funcionamento do corredor nas pistas laterais em até 30 dias "Vamos avaliar o BRS diariamente, da circulação dos ônibus nas pistas até o efeito no tempo de trajeto dos condutores".

O secretário não descartou implantação de novos BRS no Centro. "Temos muitas ideias para a região central, mas precisamos fazer um planejamento, que vai da verificação dos pontos adequados ao estudo da redução do tempo de viagem. Junto com esse processo, iremos divulgar essas novidades", finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário