quinta-feira, 14 de junho de 2012

Corredor expresso Transoeste é inaugurado com a presença de Lula

06/06/2012 - O Globo

Segurança do BRT será feita por 153 policiais militares que trabalharão em seus dias de folga.

O prefeito Eduardo Paes, o governador Sérgio Cabral e o ex-presidente Lula inauguram a Transoeste, o primeiro corredor exclusivo para BRT do Rio Beth Santos / Divulgação
RIO - O corredor expresso Transoeste foi inaugurado nesta quarta-feira com direito a palanque e presenças do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do prefeito Eduardo Paes. Segundo o governador Sérgio Cabral, que também esteve na inauguração, a segurança do BRT será feita por 153 policiais militares que trabalharão em seus dias de folga, numa espécie de bico, que será pago pela prefeitura.

Prevista para ter início às 10h, a cerimônia começou às 11h09m por causa do atraso das autoridades. A placa que marcava oficialmente a inauguração do BTR Transoeste só foi exposta ao público às 12h14m. Em nota, a secretaria municipal de Transportes afirmou que o sistema foi aberto ao público por volta das 12h50m. Cerca de meia hora antes, havia um ônibus transportando passageiros pelo trajeto Pontal - Alvorada, pois o Túnel Vice-Presidente José Alencar ainda encontrava-se fechado. Com isso, o horário de funcionamento, que inicialmente será até 16h, foi prorrogado até 17h. Na quinta, feriado de Corpus Christi, a Transoeste vai funcionar das 10h às 15h.

Muita gente que esperava inaugurar o novo sistema, anunciado para começar a funcionar a partir das 10h, acabou decepcionado com a demora. As estações chegaram a encher.

- Viemos super empolgados para conhecer o BRT, chegamos aqui às 10h em ponto, mas até agora nada. Chegamos a ir de carro até a estação Pedra de Guaratiba, mas descobrimos que o serviço não seria liberado ainda para a população. Confesso que estou decepcionada. Vou para casa almoçar e, se tiver ânimo, volto mais tarde - contou a funcionária Pública Maria Inês Palomani, de 48 anos, moradora do Recreio, por volta de 12h30m.

O sistema viário liga Santa Cruz à Barra da Tijuca, na Zona Oeste, através do recém-concluído Túnel da Grota Funda. Inicialmente, os ônibus não deverão circular nos horários de rush e vão passar em nove estações das 35 previstas para a primeira fase do projeto. Até agosto, a prefeitura espera que todo o sistema esteja em operação. Quando todo o Transoeste estiver implantado, haverá 91 ônibus articulados circulando entre Santa Cruz e o Terminal Alvorada, com um total de 59 estações e dois terminais rodoviários.

BRT terá novo sistema de sinais de trânsito

Motoristas que trafegam pela Avenida das Américas, no trecho que ganhou nesta quarta-feira o sistema de ônibus articulados BRT, têm percebido a falta de dois tipos de equipamentos eletrônicos na via. Instalados no ano passado nos sinais de trânsito, os temporizadores digitais, que fazem contagem regressiva da mudança do sinal verde para o amarelo, simplesmente desapareceram do dia para a noite, na semana passada. E as pistas laterais da via, que tiveram no mês passado a velocidade máxima aumentada de 60km/h para 70km/h, perderam os radares para flagrar quem acelera além do limite permitido.

De acordo com o site da Secretaria municipal de Transportes, há, agora, nove pontos com pardais de excesso de velocidade na Avenida das Américas, mas todos estão instalados somente nas pistas centrais da via. Ao todo, são 17 equipamentos. Na maioria dos casos, os radares estão instalados nos sinais de trânsito, onde também há o controle eletrônico de avanço de sinal. Os outros pardais de velocidade foram sendo gradativamente retirados. A presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CET-Rio), Cláudia Secin, explicou o motivo da retirada dos temporizadores:

Nós instalamos no leito do BRT um sistema inteligente e adaptativo, que vai funcionar a partir da inauguração do BRT. Esse sistema contabiliza a quantidade de veículos na via e faz uma mudança dinâmica de tempo de sinal. Em função do fluxo de veículos ou do BRT, o tempo pode ser aumentado. Só que os antigos temporizadores não eram compatíveis com esse sistema informou, acrescentando que os equipamentos devem ser aproveitados em outras vias.

Os temporizadores foram retirados, mas os equipamentos que flagram o avanço de sinal continuam em funcionamento. São 16 pontos ligados na Avenida das Américas, em funcionamento 24 horas por dia, de acordo com o site da secretaria. Entre eles, por exemplo, estão os radares que ficam na altura do Ribalta e do Hospital Rio Mar, que perderam o equipamento de contagem regressiva nos semáforos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário