quinta-feira, 14 de junho de 2012

BRT: Avenida das Américas ganha novo sistema de sinais de trânsito nesta quarta

06/06/2012 - Extra

RIO - Motoristas que trafegam pela Avenida das Américas, no trecho que ganhará nesta quarta-feira o sistema de ônibus articulados BRT, têm percebido a falta de dois tipos de equipamentos eletrônicos na via. Instalados no ano passado nos semáforos, os temporizadores digitais, que fazem contagem regressiva da mudança do sinal verde para o amarelo, simplesmente desapareceram do dia para a noite, na semana passada. E as pistas laterais da via, que tiveram no mês passado a velocidade máxima aumentada de 60km/h para 70km/h, perderam os radares para flagrar quem acelera além do limite permitido.

De acordo com o site da Secretaria municipal de Transportes, há, agora, nove pontos com pardais de excesso de velocidade na Avenida das Américas, mas todos estão instalados somente nas pistas centrais da via. Ao todo, são 17 equipamentos. Na maioria dos casos, os radares estão instalados nos sinais de trânsito, onde também há o controle eletrônico de avanço de sinal. Os outros pardais de velocidade foram sendo gradativamente retirados.

A presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CET-Rio), Cláudia Secin, explicou o motivo da retirada dos temporizadores:

— Nós instalamos no leito do BRT um sistema inteligente e adaptativo, que vai funcionar a partir da inauguração do BRT. Esse sistema contabiliza a quantidade de veículos na via e faz uma mudança dinâmica de tempo de sinal. Em função do fluxo de veículos ou do BRT, o tempo pode ser aumentado. Só que os antigos temporizadores não eram compatíveis com esse sistema — informou, acrescentando que os equipamentos devem ser aproveitados em outras vias.

Os temporizadores foram retirados, mas os equipamentos que flagram o avanço de sinal continuam em funcionamento. São 16 pontos ligados na Avenida das Américas, em funcionamento 24 horas por dia, de acordo com o site da secretaria. Entre eles, por exemplo, estão os radares que ficam na altura do Ribalta e do Hospital Rio Mar, que perderam o equipamento de contagem regressiva nos semáforos.

Segundo Cláudia Secin, a questão da fiscalização eletrônica também está sendo revista, devido à implantação do BRT.

— Serão instalados 58 equipamentos de fiscalização, entre os de avanço de sinal, velocidade e invasão de faixa exclusiva — adiantou, sem especificar os pontos e quantos de cada tipo haverá.

Em 2010, a Alerj aprovou uma lei do deputado Luiz Paulo (PSDB) que obriga as prefeituras a instalarem temporizadores em todos os sinais que possuem radares para multar os infratores. O parlamentar afirmou que no ano passado esteve com representantes da prefeitura que se comprometeram a cumprir a regra.

— Foi dito que haveria testes e que a medida seria expandida. Agora, há esse retrocesso. Os temporizadores são importantes, evitam acidentes ao reduzir as freadas bruscas e, consequentemente, colisões traseiras. Entrei com pedido de liminar na Justiça para que ninguém recebesse multa em sinais que não tivessem esse equipamento instalado, mas o pedido foi negado — afirmou Luiz Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário