segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Passagens para ônibus com ar e de integração com metrô aumentam

02/01/2012 - O Globo

Novas tarifas entraram em vigor nesta segunda-feira

RIO - Após o reajuste dos ônibus convencionais, a Prefeitura do Rio autorizou o aumento das tarifas para os ônibus urbanos com ar-condicionado e os que fazem a integração ônibus-metrô. Os novos valores estão em vigor desde o primeiro minuto desta segunda-feira. Segundo a Secretaria municipal de Transportes, o cálculo da nova tarifa teve como base os contratos de concessão do sistema convencional de transporte coletivo por ônibus. (Confira a tabela com as novas tarifas)

Os valores máximos das tarifas do programa de integração intermodal metrô-ônibus são: para distâncias iguais ou menores a 30 quilômetros, a tarifa passa a ser R$ 4,15. Para coletivos que rodam entre 30,1 e 50 quilômetros, o valor é R$ 4,35. Entre 50,1 Km e 70 quilômetros, o custo é de R$ 4,50. Para viagens entre 70,1 e 90 quilômetros, os passageiros vão pagar R$ 4,55. Já as passagens para coletivos que rodam mais de 90,1 quilômetros, o valor é de R$ 6.

Já os ônibus equipados com ar-condicionado, incluindo micro, os miniônibus, midiônibus e urbanos (convencionais) tiveram suas novas tarifas estabelecidas de acordo com o percurso percorrido no município do Rio. Para ônibus urbano tipos I e II, com ar-condicionado: para distâncias iguais ou menores a 30 quilômetros, a tarifa passa a ser R$ 2,85. Para coletivos que rodam entre 30,1 e 50 quilômetros, o custo é de R$ 3,10. Entre 50,1 Km e 70 quilômetros, o custo é de R$ 3,30. Para viagens entre 70,1 e 90 quilômetros, os passageiros vão pagar R$ 3,40. Já as passagens para coletivos que rodam mais de 90,1 quilômetros, o valor é de R$ 5,40.

A partir desta segunda-feira, o Bilhete Único Carioca dos ônibus passou de R$ 2,50 para R$ 2,75 (10%). No primeiro minuto de domingo, o pedágio da Linha Amarela para carro de passeio saltou de R$ 4,30 para R$ 4,70 (9,3%). Em Niterói, a partir desta segunda-feira, as passagens de ônibus ficaram mais caras: sobem de R$ 2,50 para R$ 2,75, o que representa um aumento de 10%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário