sábado, 17 de dezembro de 2011

Centro do Rio já tem corredor exclusivo para ônibus

17/12/2011 - Agência Rio

Da Redação

Entrou em funcionamento neste sábado (17) o novo Bus Rapid Service (BRS) da prefeitura, no Centro da cidade. Uma faixa exclusiva para ônibus foi implantada na Avenida Presidente Antônio Carlos e seguirá até a Rua Primeiro de Março.

Segundo informou a prefeitura, 71 linhas circularão pelo corredor de 1,2 km de extensão e os pontos serão organizados da seguinte forma: BRS 1, BRS 2, BRS 3, BRS 4 e BRS 5. A frota será reduzida em 15% e oito linhas terão os trajetos modificados.

O secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, aproveitou a oprtunidade para informar que no dia 27 deste mês de dezembro será implantado o BRS (corredor preferencial para ônibus) da Avenida Rio Branco, que irá percorrer toda a via, da Candelária até a Cinelândia.

Uma faixa azul foi implantada na pista lateral da Avenida Presidente Antônio Carlos e na Rua. Primeiro de Março. Haverá pontos na Antonio Carlos (pistas lateral e central), na Rua Primeiro de Março e na Avenida Beira-Mar. Os pontos de parada das linhas intermunicipais estarão localizados nas vias transversais. Estas linhas não farão paradas ao longo do BRS. Apenas ônibus e táxis embarcados podem circular na faixa azul por toda a sua extensão.

Táxis estão autorizados a efetuar embarque e desembarque no lado esquerdo das ruas com BRS. Táxis especiais adaptados poderão efetuar embarque e desembarque de passageiros e veículos particulares poderão utilizar a faixa para efetuar giro à direita e acessar estacionamentos. Os horários de funcionamento são os seguintes: 6h às 21h (dias úteis), 6h às 14h (sábados) e Livre aos domingos e feriados.

MS

Um comentário:

  1. Péssima idéia do Sr. Prefeito de proibir a circulação dos ônibus dos Condomínios da Barra da Tijuca nas ruas principais do centro da cidade. Nós moradores da Barra já somos penalizados com as horas perdidas no trânsito até o centro em razão... dos engarrafamentos e agora estamos sendo penalizados novamente com essa proibição surreal! Seremos forçados a andar quilometros até o local de trabalho diariamente e quilometros para pegar o ônibus de volta pra casa, ou todos os moradores que utilizam os ônibus, que são milhares, tirarâo seus carros da garagem para ir até o centro, contribuindo para aumentar ainda mais o já tão caótico engarrafamento. Estão todos revoltados e com certeza o Sr. Prefeito perdeu milhares de votos com essa situação. Os moradores da Barra estão revoltados e além de nunca mais votarem no Sr. Eduardo Paes, com certeza tomaremos alguma providencia para cessar com essa arbitrariedade. Em vez do Prefeito defender o uso do transporte coletivo, mesmo sendo particular, pois é notório o péssimo serviço dos transportes públicos, ele defende o uso de carros pela população. Lastimável!!

    ResponderExcluir