quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Veja a construção de uma das estações do corredor exclusivo de ônibus da TransOeste

01/11/2011 - R7

A Olimpíada promete mudar a "cara" do sistema de transportes da cidade do Rio de Janeiro até 2016. Ao menos 15 projetos devem ampliar a rede e a integração com a região metropolitana. Nesta semana, a prefeitura da cidade entregou a estação BRT (corredor exclusivo de ônibus) do Trevo do Magarça, em Guaratiba, zona oeste do Rio.

Esta é uma das estações da TransOeste, que começará na Barra da Tijuca e terá dois pontos finais: um em Santa Cruz e outro em Campo Grande. Veja vídeo abaixo.

Para aumentar os deslocamentos, a prefeitura e o governo do Rio se comprometeram a construir - em tempo para a Olimpíada de 2016 - BRTs e a linha 4 do metrô - que liga a zona sul à Barra da Tijuca - , que já havia sido prometida para os Jogos Pan-Americanos de 2007, mas não ficou pronta.

Para concretizar os projetos, o setor de transportes públicos no Estado receberá R$ 30 bilhões para desenvolvimento e implantação de modais que conectem todo o sistema, segundo o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes.

Se todos os planos saírem como previsto, o Rio será cortado por quatro BRTs, sendo um na avenida Brasil, que ligará o centro à zona oeste. Em obras, a TransOeste deve ter a etapa Barra-Madureira inaugurada em 2012.

Já o trecho Barra-Santa Cruz da TransCarioca está atrasado, mas a prefeitura quer entregar a obra até a Copa de 2014. A TransOlímpica está prevista também para 2014. Já o BRT da Avenida Brasil não tem cronograma definido, mas a ideia é que esteja pronto até 2016.

Entretanto, enquanto projetos como o da TransOeste já contam com a primeira estação - na avenida das Américas -, há os que ainda não saíram do papel, como o da TransOlímpica, que está na fase de licitação [concorrência entre empresas].

O sistema BRT, segundo estimativas da prefeitura, transportará 900 mil pessoas por dia e tornará as viagens mais rápidas. O trajeto Penha-Barra, por exemplo, poderá ser reduzido em até 49 minutos. De acordo com a prefeitura, o trajeto que é feito atualmente em 1h36 levaria 47 minutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário