domingo, 19 de setembro de 2010

Bilhete Único começa a valer a partir do dia 30 de outubro no Rio de Janeiro




9/9/2010
Extra Online

Começa a valer a partir do dia 30 de outubro o Bilhete Único municipal, que prevê a realização de duas viagens de ônibus, num período de duas horas, por R$ 2,40. Nessa data, os consórcios Internorte, Intersul, Transcarioca e Santa Cruz assumem a operação do transporte de passageiros por ônibus no município do Rio. Os contratos serão assinados no próximo dia 17. O Rio será a única capital do país a ter bilhetes municipal e intermunicipal. 

O usuário terá que fazer um cadastramento pela internet ou em postos para adquirir o bilhete único municipal. A data ainda não foi definida, mas deverá ser divulgada até o dia 17.

O metrô, o trem e a barca só serão integrados posteriormente a esse sistema. Quem tem o intermunicipal poderá ter o municipal também.

No dia 1º deste mês, os quatro consórcios formados por 40 das 47 empresas filiadas ao Sindicato das Empresas do Município (Rio Ônibus) foram declarados vencedores da primeira concorrência da prefeitura para reorganizar o sistema . As linhas serão operadas por 20 anos por empresários de ônibus que já exploram o sistema há décadas sem licitação.
 

Um dos itens do edital de licitação prevê que as empresas recolham um valor simbólico (0,01%) de Imposto Sobre Serviços (ISS). Hoje, as empresas recolhem 2% e teriam abatimento no imposto para se ressarcir dos investimentos que terão que fazer durante a concessão. Isso inclui comprar veículos articulados para os futuros BRTS (corredores de ônibus articulados) que a prefeitura planeja que estejam operando até os Jogos Olímpicos de 2016 : o Transcarioca (Barra-Aeroporto Tom Jobim); Transoeste (Barra-Guaratiba) e Transolímpica (Barra-Deodoro).

Nenhum comentário:

Postar um comentário