sexta-feira, 14 de maio de 2010

Governo e empresas estudam conversão de frota de ônibus do Rio para GNV até 2016



14/05/2010
Até os Jogos Olímpicos de 2016, os ônibus do Rio de Janeiro podem ser convertidos ao gás natural veicular (GNV). A informação é da coluna “Negócios & Cia”, do jornal “O Globo”. Uma força-tarefa reunindo o governo do Rio, Petrobras, MAN, Bosch, Inmetro e Fetranspor articula esta conversão.
O projeto prevê o abastacimento de 80 garagens de ônibus no Rio, além de Duque de Caxias e Nova Iguaçu. Mais de 11 mil ônibus devem ser atendidos. Caso rodem com 70% GNV e 30% de óleo diesel, a emissão de CO2 será reduzida em 166.200 toneladas ao ano.
O presidente da Gas Natural Fenosa Brasil, dona da CEG e CEG Rio, Bruno Armbrust, disse que este é um projeto importante, cujo investimento “vai superar os R$ 100 milhões”.
De acordo com a coluna, as secretarias estaduais de Transporte e Desenvolvimento Econômico participam do projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário