segunda-feira, 26 de abril de 2010

Paralisação de rodoviários registra baixa adesão no Rio



26/04/2010
Apesar de alguns motoristas e cobradores terem avisado sobre uma possível greve, a circulação de ônibus é normal nas ruas da zona norte, sul e Centro do Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira. Já na zona oeste da cidade alguns usuários tiveram que usar transportes alternativos, de acordo com o Batalhão de Polícia Militar de Bangu.
A paralisação foi marcada por um grupo dissidente do Sindicato dos Rodoviários que protestam por melhores condições de trabalho, aumento no valor do tíquete-refeição e um bônus para motoristas que acumulam a função de cobrar as passagens.
O Sindicato dos Rodoviários, por meio de nota publicada na internet, se posiciona de forma contrária à paralisação da categoria, bem como avisa que a greve é ilegal.
“Por determinação da Justiça do Trabalho, o Sindicato dos Rodoviários do Rio avisa à categoria profissional, à população e às autoridades que não está patrocinando nenhuma greve, assembleia ou movimento nesta segunda-feira”, comunica o presidente do  sindicato, Antonio Onil da Cunha Filho. Além disso, quem participar da greve pode ser punido.
A secretaria municipal de Transportes afirma que não  foi preparado nenhum esquema especial de transportes para uma possível paralisação de rodoviários. As operações da CET-Rio acontecem de forma rotineira para evitar engarrafamentos, nesta manhã.
Fonte: SRZD

Nenhum comentário:

Postar um comentário